2 de maio de 2016

JANOT PEDE AO STF PARA INVESTIGAR AÉCIO, CUNHA E EDINHO NA LAVA JATO

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) autorização para abrir quatro novos inquéritos para investigar políticos na Operação Lava Jato com base na delação premiada do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS).
 
 
 
 
Os pedidos foram protocolados na última sexta-feira (29), mas devem ser cadastrados no sistema do tribunal somente na tarde desta segunda (2).
 
O procurador quer abertura de quatro inquéritos para investigar:
- o senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG);
- o presidente da Câmara,
Eduardo Cunha (PMDB-RJ);
- o ministro da Comunicação Social, Edinho Silva (PT-SP), que atuou como tesoureiro da campanha presidencial do PT em 2014;
- o ex-presidente da Câmara Marco Maia (PT-RS) e o ministro do
Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo.
 
Os pedidos de abertura de inquérito ainda precisam ser analisados pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo.
 
Aécio, Marco Maia e Vital do Rêgo ainda não são investigados pela Lava Jato. Se Teori Zavascki autorizar, será o primeiro inquérito contra eles.
 
Edinho Silva já é alvo de um inquérito baseado na delação premiada do dono da construtora UTC, Ricardo Pessoa. Esse poderá ser o segundo inquérito contra o ministro da Comunicação Social na Lava Jato.
 
Réu em uma das ações penais em tramitação no Supremo que investigam o esquema de corrupção que atuava na Petrobras, Eduardo Cunha é alvo de outros quatro inquéritos da Lava Jato. Esse seria o sexto procedimento da Procuradoria Geral da República contra o presidente da Câmara.
 
Além dos quatro pedidos de abertura de inquérito, Janot também solicitou ao STF autorização para incluir citações feitas por Delcídio do Amaral a integrantes da cúpula do PMDB – Edison Lobão, Valdir Raupp e Renan Calheiros – em nove inquéritos já instaurados, entre os quais o principal inquérito da Lava Jato, que apura se houve uma quadrilha para fraudar a estatal do petróleo.
 
Eles foram citados por desvios no Ministério de Minas e Energia e na construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará.

POLÍCIA DO MS APREENDE CAMINHÃO COM MAIS DE 1 TONELADA DE MACONHA QUE SERIA TRAZIDA PARA O RN

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), prenderam na noite deste domingo (01), na BR 163, na região de Rio Brilhante, em Mato Grosso do Sul, um homem identificado como Emerson D. de 42 anos, que reside na cidade de Toledo, no Paraná. Com ele, os policiais encontraram 1.110 quilos de maconha, que tinha como destino a cidade de Natal/RN.
 



O homem fazia o transporte em um caminhão de cor amarela com placas de Toledo/PR. A droga estava escondida em meio a uma carga de amido de milho, mas, o cheiro da maconha era forte e fácil percepção dos policiais.

Caminhão apreendido com carga de maconha Caminhão com carga de maconha Maconha apreendida no MS que seria transportada para o RN Policiais encontram maconha em meio a carga de amido de milho. O carro ficou estacionado em um posto de combustíveis das 10hs até às 22hs, quando foi abordado.

O motorista do caminhão contou aos policiais que o carro foi carregado duas vezes em duas cidades diferentes, sendo a primeira em Toledo, com amigo de milho e a segunda, em Sete Quedas, com a maconha. As duas cidades são localizadas na fronteira do Brasil com o Paraguai.

O motorista, receberia pelo transporte da droga, R$ 30 mil.

JORNALISTA MARCOLINO JUNIOR FOI MORTO A FACADAS EM QUARTO DE MOTEL, DIZ POLÍCIA DO PE

Marcolino Junior (Foto: Reprodução/Facebook)
O jornalista Marcolino Junior foi morto a facadas dentro de um quarto de motel em Caruaru, conforme a conclusão do inquérito policial que investigou o assassinato, divulgada nesta segunda-feira (2). De acordo com a Polícia Civil, o executor do crime foi o suspeito preso após tentar vender o veículo do colunista social.
 
 
A perícia apontou que o suspeito deu um golpe de jiu-jítsu na vítima e cerca de três golpes de faca. A causa da morte foi o "choque hemorrágico causado por ferimento perfuro-cortante". O instrumento utilizado foi encontrado em São Caetano, na casa de uma mulher com quem o suspeito tinha um relacionamento.
 
Foram encontrados sangue no travesseiro do quarto e nas escadas do motel. Segundo o delegado Marcio Cruz, o corpo da vítima foi transportado no porta-malas do carro do próprio Marcolino. Em seguida, foi desovado em um matagal. "Temos provas concretas para afirmar que [o homem que tentou vender o carro] agiu sozinho dentro do motel. Ele matou e colocou o corpo de Marcolino na mala do carro", ressaltou o delegado.

Ainda não há informação se Marcolino foi dopado, antes de ser assassinado. O exame toxicológico está sendo feito no Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.

A investigação da Polícia Civil também confirmou que o assessor pessoal de Marcolino teria sido o mandante do crime. Segundo os delegados, ele monitorou toda a ação executada pelo outro suspeito preso.
 
A polícia acredita que um dos motivos para o assassinato foi o interesse do assessor pessoal nos bens da vítima. "Ouvimos [o assessor de Marcolino] e constatamos que ele reclamava constantemente do salário que recebia. Ele se mostrava insatisfeito por receber R$ 200 por semana", informou o delegado Marcio Cruz, no início das investigações.
 
O delegado Bruno Vital informou que os dois suspeitos serão processados. "O assessor será indiciado por latrocínio. Já o executor será indiciado por latrocínio e ocultação de cadáver", disse.
 
Fonte: G1/PE.

WHATSAPP É BLOQUEADO NO BRASIL

O bloqueio ao aplicativo WhatsApp começou a valer a partir das 14 horas desta segunda-feira (2) para clientes de TIM, Oi, Vivo, Claro e Nextel. Em comunicado, o WhatsApp lamentou a decisão e disse não ter a informação exigida pelo juiz.
 
A Justiça de Sergipe mandou as maiores operadoras de telefonia do Brasil suspenderem o acesso dos brasileiros ao aplicativo de mensagem instantânea por 72 horas.
 
A multa para as empresas em caso de descumprimento é de R$ 500 mil. Segundo o Sinditelebrasil, sindicato das operadoras, todas as empresas – TIM, Oi, Vivo, Claro e Nextel – foram notificada e afirmaram que vão cumprir a determinação judicial.
 
A decisão é do juiz Marcel Maia Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto, em Sergipe. O magistrado atendeu a um pedido de medida cautelar da Polícia Federal, que foi endossado por parecer do Ministério Público.

O bloqueio foi pedido porque o Facebook, dono do WhatsApp, não cumpriu uma decisão judicial anterior de compartilhar informações que subsidiariam uma investigação criminal. A recusa já havia resultado na prisão do presidente do Facebook para América Latina em março.
 
Segundo o juiz, a medida cautelar é baseada no Marco Civil da Internet.

UM MORTO E FACADAS E OUTRO É ENCONTRADO ENFORCADO EM MENOS DE 24 HORAS EM PRESÍDIOS DO RN

Um preso foi assassinado a facadas dentro do Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato Fernandes, também chamado de Cadeia Pública de Natal, na Zona Norte da cidade. De acordo com a direção da unidade, o detento foi morto dentro de uma cela de isolamento, onde ficam detentos que são ameaçados de morte. O corpo foi encontrado na manhã desta segunda-feira (2). Este é o 10º preso morto dentro do sistema penitenciário potiguar somente este ano.
 
Segundo Dinorá Simas, diretora da cadeia, os agentes penitenciários ouviram barulhos por volta das 22h deste domingo (1º). Janilson Pereira do Carvalho, de 38 anos, estava dentro de uma cela de isolamento com três detentos quando outros presos vieram de outras celas, arrombaram o cadeado e mataram Janilson a facadas.

Ainda na madrugada do domingo (1º), um preso foi encontrado morto dentro da carceragem do setor de triagem do Complexo Penal Dr. João Chaves, que também fica na Zona Norte de Natal. Segundo a direção da unidade, 30 presos estavam na cela. O detento foi identificado apenas como Fabiano de Araújo. “Chamamos a polícia e o Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), que é quem realmente pode confirmar o que aconteceu, se foi suicídio ou se o detento foi assassinado”, ressaltou Eider Brito, diretor do presídio.

ADOLESCENTE MORRE AFOGADO EM AÇUDE NO SERIDÓ POTIGUAR

Um adolescente de 15 anos identificado como Cleiton Everton dos Santos, residente na Rua Professora Maria José Varela, Bairro Santa Maria Gorete, Currais Novos, mergulhou nas águas do açude Dourado e não mais foi visto.

Policiais Militares foram acionados e estiveram no local e aguardando a chegada do corpo de bombeiros para o resgate do corpo.
 
Fonte: PM Currais Novos. 

HELICÓPTERO CAI EM ÁREA PRIVADA DE VIAMÃO E DUAS PESSOAS FICAM FERIDAS

Um helicóptero caiu na cidade de Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre, no começo da tarde deste domingo (1º). Duas pessoas ficaram feridas com a queda, conforme informações fornecidas pelo Corpo de Bombeiros.
 
 
Helicóptero caiu em propriedade de Viamão (Foto: Divulgação/CBCV Águas Claras)
 
O helicóptero caiu em uma propriedade particular no bairro Vida Nova, e os feridos foram levados para o Pronto Socorro de Viamão, ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros. Não foram informados maiores detalhes sobre as circunstâncias da queda.
 
 
Duas pessoas ficaram feridas em queda de helicóptero em viamão (Foto: Divulgação/CBCV Águas Claras)

Não havia pessoas nem residências próximas ao local da queda da aeronave, que ficou danificada com o impacto da queda.
 
A aeronave está em nome de Jairo Amilton Silva Muller, que é um dos feridos na queda. O outro ocupante era Ari Antunes Rodrigues.
 
A aeronave modelo R22 Beta é fabricada pela Robinson e estava registrada em nome de uma escola de aviação.

No entanto, conforme a empresa, o helicóptero caiu durante um voo particular, conforme relatou Jairo, por conta de uma rajada de vento. A empresa informou ainda que os dois tripulantes sofreram ferimentos leves.

CANTOR E PRODUTOR MUSICAL SÃO ASSASSINADOS EM FRENTE DE CASA DE SHOW NA PB

Um duplo assassinato foi registrado na noite desse sábado (30) em frente a uma casa de show no bairro Valentina de Figueiredo, na Zona Sul de João Pessoa. As vítimas foram Rysllan Silva, 15 anos, que era vocalista e compositor da Banda Pegada Diferente, e Almeida Silva, produtor e um dos donos da banda.

Segundo o sargento Severino Emiliano, do 5º BPM, muita gente estava na frente da casa de show quando homens em um veículo preto chegaram ao local e de dentro do carro começaram a atirar em direção as vítimas.

Há informação de que os suspeitos estavam encapuzados e os tiros seriam para um rapaz que estava perto das vítimas, que conseguiu fugir e não foi baleado. Até o momento, as vítimas eram pessoas de bem e não tinham envolvimento com crimes”, falou o sargento.

De acordo com Guga Moov Jampa, produtor cultural e um dos organizadores do evento, a banda estava se preparando para entrar no palco quando ocorreu o crime.

Rysllan e Almeida estavam pegando os equipamentos quando foram atingidos por tiros de pistolas. Foram muitos disparos. Os dois eram pessoas maravilhosas e foi mais uma perda para o segmento musical de João Pessoa.”, lamentou Guga.

A Delegacia de Homicídios de João Pessoa estava e no local do duplo assassinato e vai comandar as investigações. Até o fechamento desta reportagem os suspeitos não tinham sido presos.

Fonte:  Portal Correio.

STF SUSPENDE CRÉDITO EXTRA DE R$ 100 MILHÕES PARA PROPAGANDA DA PRESIDÊNCIA

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes decidiu neste domingo (1º) suspender a liberação de um crédito extra de R$ 100 milhões para a Presidência da República gastar em publicidade e propaganda do governo federal.
 
O Palácio do Planalto afirmou que não iria comentar a decisão porque ainda não havia sido notificado.

O magistrado concedeu uma liminar (decisão provisória) em ação apresentada na última sexta-feira (29) pelo partido Solidariedade questionando uma medida provisória editada na semana passada pela presidente
Dilma Rousseff.
 
No momento em que é publicada, a MP entra em vigor imediatamente, mas tem que ser confirmada pelo Congresso Nacional em um prazo máximo de 120 dias para virar lei - caso contrário, perde a validade.
 
Na sua decisão, Gilmar Mendes apontou que não havia urgência para a medida provisória e que a abertura do crédito só poderia ter ocorrido com aval do Legislativo.
 
A mesma medida provisória também previa abertura de crédito de outros R$ 80 milhões para implantação de infraestrutura para os Jogos Olímpicos, mas a validade dessa parte foi mantida por Gilmar Mendes.

O ministro mandou notificar a Presidência, o Advogado-geral da União e a Procuradoria Geral da República para que se manifestem. Em seguida, levará o caso para ser apreciado pelo plenário da corte, o que não tem prazo para acontecer.

LULA VOLTA A ATACAR CAMPOS NETO, ELEITO MELHOR PRESIDENTE DE BC DO MUNDO

Incomodado com a tendência de estagnação da taxa de juros e com a presença do chefe do Banco Central em jantar promovido pelo governador d...