15 de outubro de 2019

5º LUGAR NO NORDESTE, SANTA LUZIA É O ÚNICO MUNICÍPIO DA PB À VENCER O PRÊMIO NACIONAL CFO DE SAÚDE BUCAL

O município de Santa Luzia foi reconhecido pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO), entre os vencedores do Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal, referente ao exercício 2018. A cidade é a única, entre as 223 da Paraíba, a vencer a premiação, figurando na quinta posição geral na Região Nordeste, na categoria referente às localidades com até 20.000 habitantes. O resultado foi divulgado por meio da Portaria CFO-SEC-154, nesta segunda-feira (14)




O prefeito de Santa Luzia, José Alexandre de Araújo, "Zezé", comemorou o anúncio do resultado e afirmou que o prêmio consolida o trabalho bem executado na área de odontologia e saúde do município. “Essa premiação é um grande incentivo e mostra que estamos no caminho certo, oferecendo um serviço de saúde bucal de qualidade e digno para a população. Temos muito a melhorar ainda, é verdade, mas a nossa meta é a ampliação desse, entre outros serviços na área de saúde. Com o apoio da gestão, e a ajuda de profissionais qualificados e dedicados, só temos a crescer juntos”, comentou.







 


A secretária municipal de Saúde, Ceciliana Medeiros, enalteceu o reconhecimento do CFO pelo trabalho integrado e de resultado executado pelos profissionais da área de odontologia que trabalham nas seis Unidades Básicas de Saúde (UBS), e no Centro de Especialidades Odontológicos (CEO), no município. São equipes de saúde bucal modalidade II, compostas por cirurgiões dentistas, técnicos e auxiliares em saúde bucal, com três integrantes por cada grupo.





“Para Santa Luzia receber esse reconhecimento a nível nacional só fortalece o entendimento que a gestão está trilhando o caminho certo com garantia de acesso ao tratamento odontológico para todos os usuários, com equipes de profissionais qualificados e fazendo uso das boas práticas assistenciais. Em dois momentos de 2019, o município recebeu as visitas do Conselho Regional de Odontologia responsável por atestar as informações prestadas e para nossa alegria a portaria publicada confirma nosso trabalho. Gratidão ao prefeito José Alexandre por acreditar e apoiar nossos projetos”, disse.

VEÍCULOS APREENDIDOS PELA PRF NO RN VÃO A LEILÃO


Nos dias 17 e 24 de outubro acontece o quarto leilão de 2019 de veículos apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Norte. Serão postos à venda 820 veículos. Deste total, 484 estarão aptos a voltar a circular e 336 serão transformados em sucatas. 





Na 1ª etapa - que acontece na quinta-feira (17) - estarão à venda 319 lotes. A visitação começa nesta terça-feira (15), no horário das 8h às 12h e das 13h às 17h, no pátio da empresa terceirizada Transguard, responsável pela guarda dos veículos retidos pela PRF, nas cidades de Natal, Mossoró e Caicó. 




A 2ª etapa do leilão será realizada no dia 24 e serão postos à venda os lotes de nº 320 ao 639. A visitação será aberta nos dias 22 e 23 deste mês, nos mesmos horários e locais. 





A arrematação dos veículos classificados como “sucatas aproveitáveis com motor inservível”, será restrita às empresas de desmontagem, registradas perante o órgão executivo de trânsito do Estado em que atuar. 




O edital do leilão foi publicado e está disponível no site do leiloeiro. No edital é possível conferir os detalhes dos veículos, os locais para a visitação, os lances iniciais, além de direitos e responsabilidades dos arrematantes. A maioria dos lotes estão com fotos disponíveis na mesma página da internet. Os lances já podem ser ofertados pela internet até o momento do leilão presencial, nos dias 17 e 24 de outubro, que ocorrerão Rifóles Praia Hotel, na Rua Cel. Inácio Vale, 8847, Ponta Negra, Natal/RN.

PF E FORÇA-TAREFA PREVIDENCIÁRIA COMBATEM FRAUDES NA CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS NO RN


A Força-Tarefa Previdenciária no Rio Grande do Norte integrada pela Polícia Federal e a Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista (CGINT), da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, deflagrou nesta terça-feira, 15/10, a Operação Cubo de Rubik, objetivando desarticular um esquema criminoso que se utilizava de documentação falsa para a obtenção de benefício previdenciário.











Cerca de 15 policiais federais estão cumprindo 3 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª. Vara da Justiça Federal nas cidades de Natal e São José de Mipibu/RN.


 


A fraude consistia na utilização de registros civis falsos para se criar dependentes fictícios e posteriormente requerer o benefício previdenciário da espécie pensão por morte. Do total de benefícios fraudulentos já detectados, o prejuízo estimado aos cofres da União é de aproximadamente R$ 200 mil e, em se considerando que tais benefícios poderiam ser pagos até que os falsos dependentes alcançassem a maioridade esse montante poderia chegar a R$ 1,03 milhão, valendo salientar que, com a continuidade das investigações muitos outros beneficiados do esquema poderão ser descobertos e esse valor ser ainda maior.




O nome da operação é uma alusão ao quebra-cabeça Cubo de Rubik, também conhecido como Cubo Mágico, que possibilita múltiplas resoluções e formatos, tal qual o modus operandi dos fraudadores que se apresentavam com diversas identidades.

VÍDEO MOSTRA MOMENTO EXATO DE DESABAMENTO DE PRÉDIO EM FORTALEZA


Um prédio residencial desabou na manhã desta terça-feira (15) no Bairro Dionísio Torres, área nobre de Fortaleza. O vídeo mostra o momento exato do desabamento e a movimentação de rua ao lado da construção.








Segundo o Corpo de Bombeiros, uma pessoa morreu, nove foram resgatadas com vidas, e há vários desaparecidos.








Testemunhas relatam que viram moradores dentro do edifício Andréa no momento do desabamento. Logo após a construção ruir, pessoas foram vistas correndo para longe do condomínio. 



O prédio tinha mais de 40 anos e passava por reforma. A estrutura tinha sete andares e dois apartamentos por andar, segundo ela.

APÓS CONDENAÇÃO CRIMINAL, VEREADOR DA OPOSIÇÃO DE SANTA LUZIA PERDE MANDATO

A Câmara Municipal de Santa Luzia (CMSL) decretou a extinção do mandato do vereador Hemerson Kerll de Medeiros Dantas (PSDB), ex-presidente da Casa, nesta segunda-feira (14). O parlamentar teve a suspensão dos direitos políticos decorrente de condenação criminal transitada em julgado, proveniente do processo de nº 0000629-64.2013.4.05.8205, na Justiça Federal.





O juiz da 26ª Zona Eleitoral de Santa Luzia, Rossini Amorim Bastos, comunicou na última semana o teor da sentença ao presidente do Poder Legislativo local, vereador Milton Lucena da Nóbrega – Milton Lino (DEM), que convocou os demais integrantes da Mesa Diretora e da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa Dr. Francisco Seráphico da Nóbrega Filho para deliberar sobre o assunto.
 
 
 
 
 
Com o afastamento do vereador Hemerson, quem assume a vaga é a primeira suplente da coligação, Tereza Alves (PSDB), que já foi vereadora por três mandatos no município. Ela será empossada nesta terça-feira (15), em sessão extraordinária convocada pelo presidente da Câmara Municipal de Santa Luzia.

STF JULGARÁ SE TESTEMUNHA DE JEOVÁ TEM DIREITO A NEGAR TRANSFUSÃO DE SANGUE


O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar se testemunhas de Jeová têm direito a se recusar a receber transfusão de sangue na rede pública de saúde. 



Nesta segunda-feira (14), a maioria dos ministros reconheceu "repercussão geral" no tema, ou seja, entendeu que quando a questão for decidida, o entendimento valerá para todos os processos que correm na Justiça.



A repercussão geral foi analisada no plenário virtual do tribunal, mas ainda não há previsão de data para julgamento.



O Supremo julgará o recurso de uma mulher que, em razão de doença cardíaca, foi encaminhada para a Santa Casa de Misericórdia em Maceió (AL) para realizar cirurgia de substituição de válvula aórtica. A paciente decidiu que não queria fazer transfusão de sangue se necessário. 



Ela assinou termo de consentimento sobre o risco. Porém, depois, o hospital quis que ela assinasse autorização prévia para eventual transfusão sanguínea se necessário, mas ela se recusou. Com isso, o procedimento foi cancelado. 



A Justiça de Maceió considerou que ela não poderia optar pela cirurgia sem a transfusão ou haveria riscos.



O ministro Gilmar Mendes é o relator do caso e destacou ser preciso discutir como equilibrar a vontade da pessoa por motivos religiosos com os limites médicos possíveis.

PF ANUNCIA RECOMPENSA DE ATÉ R$ 30 MIL POR INFORMAÇÕES SOBRE FUGITIVOS DA PENITENCIÁRIA FEDERAL DE MOSSORÓ

A Polícia Federal anunciou neste sábado (24) uma recompensa de até R$ 30 mil para quem tiver informações que levem à recaptura dos dois fugi...