1 de outubro de 2020

MULHER É CONDENADA A 29 ANOS DE PRISÃO POR MORTE DO MARIDO NO RN

A 1ª Vara Criminal de Parnamirim condenou nesta quinta-feira (1), em júri popular, Vanúsia Vicente e Ivanildo Félix dos Santos a 29 anos e dois meses de prisão em regime fechado pela morte do advogado Rubens de Azevedo Maia, de 67 anos, em julho de 2018. Vanúsia era mulher da vítima na época do crime.

 

 

Na decisão, o juiz Marcos José Sampaio de Freitas Júnior cita que o júri não absolveu os réus e os qualificou ainda por motivo torpe e emboscada, além do agravante da vítima ter mais de 60 anos, o que elevou a pena.

 

 

A decisão aponta que ação do crime por parte de Vanúsia Vicente e de Ivanildo Félix se mostrou "altamente premeditada". Os autos analisados, segundo a decisão judicial, indicam que eles tiveram uma "postura fortemente dissimulada em relação ao evento criminoso, o que aponta para personalidade acentuadamente antissocial".

 

 

O juiz aponta ainda na decisão que o crime foi planejado pelos réus em função de um envolvimento amoroso entre eles - um deles a então mulher do advogado morto. "Observa-se que o delito se desenvolveu em contexto de traição conjugal contra a vítima pelos réus, o que intensifica a reprovabilidade das condutas".

0 comentários:

Postar um comentário