24 de julho de 2020

VIVALDO REQUER PLANO PARA RETOMADA SEGURA DAS AULAS PRESENCIAIS NO RN

O retorno às aulas nas redes pública e privada é motivo de preocupação para o deputado estadual Vivaldo Costa (PSD). O parlamentar, que é médico, cobra do Governo do Estado a definição e adoção de plano estratégico com medidas sanitárias mínimas a serem observadas pelas escolas públicas para quando o funcionamento presencial for retomado, buscando minimizar os riscos de contaminação pela Covid-19 nesses locais.





No requerimento endereçado aos secretários de Saúde e Educação do Rio Grande do Norte, Cipriano Maia e Getúlio Marques, respectivamente, Vivaldo Costa requer que o Poder Executivo elabore o plano como forma de reduzir a possibilidade de nova onda de contaminação. Para o deputado, com a reabertura das atividades econômicas do Estado e a provável retomada das atividades escolares, a ampliação da prevenção do contágio é medida que se impõe para proteção dos alunos e das pessoas que convivem com eles.


 

"A reabertura da economia, assim como das instituições educacionais, deve ser realizada com grande cautela, para que não haja danos irreparáveis à saúde pública. O relaxamento das medidas de combate ao novo coronavírus pode levar o Estado a uma onda ainda maior de contágio e aumento exponencial dos casos e, consequentemente, de óbitos, pois a abertura se dá em um momento em que a curva de contágio do novo coronavírus está estabilizada em alta e estamos ainda sem previsão de prazo para superar o chamado pico da pandemia", argumenta Vivaldo Costa.




Segundo o parlamentar, a retomada das atividades não extingue o Estado de Emergência, sendo necessária a aplicação de regramento mínimo para viabilizar a retomada das atividades com segurança, assim como de medidas sanitárias mínimas de prevenção. "O que não impede que os municípios complementem as normas com outras regras condizentes com a sua realidade local”, acrescenta o deputado.

0 comentários:

Postar um comentário