26 de setembro de 2019

PF PRENDE EX-GOVERNADOR DO TO, PAI E IRMÃO


O ex-governador Marcelo Miranda (MDB) chegou a Palmas nesta quinta-feira (26) em um avião da Polícia Federal que não estava identificado. Ele foi preso em Brasília durante a operação 12º Trabalho




Ao lado do pai, José Edmar Brito Miranda, e do irmão, José Edmar Brito Miranda Júnior, que também foram presos, o político é suspeito de integrar uma organização criminosa que teria causado prejuízo de R$ 300 milhões aos cofres públicos. Entre os crimes investigados, estão corrupção, fraude em licitações e desvio de recursos públicos. 




O tempo de permanência na prisão dos três investigados não tem prazo determinado pela Justiça. O pai do ex-governador, José Edmar Brito de Miranda vai poder responder em liberdade. O juiz estipulou fiança de 200 salários mínimos levando em consideração os 85 anos de idade e o estado de saúde dele.




José Edmar Brito Miranda, de 85 anos, foi preso em um apartamento em Palmas. O irmão do ex-governador, José Edmar Brito Miranda Júnior, foi encontrado em Santana do Araguaia (PA).




A defesa da família informou que não há fundamento para a prisão. "São fatos antigos, requentados e já reprisados na denúncia ofertada na operação Reis do Gado. Ação penal que, embora se tenha apresentado defesa, até o momento não há decisão", diz a defesa.

0 comentários:

Postar um comentário