11 de agosto de 2018

MONSTRO! PADRASTO É PRESO POR ESPANCAR E MATAR ENTEADO DE 1 ANO E 4 MESES NO INTERIOR DA PB

Um homem foi preso nesta sexta-feira (10) suspeito de assassinar o enteado de 1 ano e 4 meses de idade, na cidade de Queimadas, no Agreste da Paraíba. Márcio José Silva Tavares, de 30 anos, ameaçou a companheira e mãe da vítima para que ela não contasse sobre o crime à polícia. 





No último domingo (5), Davi Luca morreu após ser levado ao Hospital Geral de Queimadas por ter sido atingido com pancadas na cabeça. A mãe da criança contou que o filho teria levado uma cabeçada de um cabrito perto da casa onde morava, no Sítio Capoeira. 





O médico legista Carlos Alberto viu que o baço da criança estava estourado e que a lesão só seria provocada por pancadas muito fortes, que levariam a criança à morte rapidamente. 




Na delegacia, a mulher contou que estava sendo ameaçada pelo companheiro para não contar sobre o crime cometido por ele. Segundo ela, o filho estava chorando muito, ela tentou acalentar a criança, mas não conseguiu. O padastro arremessou Davi ao chão e começou a chutá-lo. 





Segundo o delegado Cristiano Santana, responsável pelo caso, Márcio não tinha passagem pela polícia. Ele foi encaminhado para a Central de Polícia Civil de Campina Grande, onde aguardará pela audiência de custódia. Ainda de acordo com o delegado, a participação da mãe no crime também está sendo investigada.

0 comentários:

Postar um comentário