20 de junho de 2017

ÔNIBUS QUE CAPOTOU E MATOU 11 É DE EMPRESA PROIBIDA DE VIAJAR

Uma empresa proibida de transportar passageiros até 2018 é a dona do ônibus clandestino que saiu da Zona Sul de São Paulo com destino à Bahia e capotou em Minas Gerais. Ao todo, 11 pessoas morreram, entre elas um bebê de dois meses, e 23 ficaram feridas. O motorista que dirigia o ônibus fugiu.
 
 
 
 
 
 
 
 
Uma das vítimas do acidente desta madrugada contou  que pagou R$ 200 na passagem de ida e pegou o ônibus em São Mateus, Na Zona Leste. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), confirmou que o ônibus que capotou pertence a empresa MJ Turismo, que está proibida de transportar pessoas até 2018.
 
 
 
 
O ônibus capotou por volta das 4h15 da madrugada quando passava pelo município de Salinas, em Minas Gerais. A Polícia Rodoviária Federal suspeita de excesso de velocidade. A hipótese ainda não foi confirmada porque o tacógrafo encontrado no ônibus está vencido
 
 
 
.
Dez pessoas morreram na hora. A 11ª vítima é um homem que foi socorrido, mas morreu no hospital. O motorista que dirigia fugiu. O que estava descansando ficou no local. Ao todo, 34 pessoas embarcaram, além dos dois motoristas.
 
 
Fonte: G1/MG.

0 comentários:

Postar um comentário