5 de junho de 2017

JULGAMENTO DA CHAPA DILMA-TEMER DEVE REDUZIR RITMO DO CONGRESSO NA SEMANA

O início do julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), previsto para esta terça-feira (6), deverá reduzir o ritmo dos trabalhos no Congresso Nacional nesta semana.
 
 
 
 
 
 
A expectativa é que os parlamentares da base e da oposição acompanhem todas as etapas: a leitura do relatório do ministro Herman Benjamin, a argumentação das partes (acusação, defesa e Ministério Público) e os votos dos ministros.
 
 
 
 
Pela previsão inicial do TSE, o julgamento deverá terminar somente na noite de quinta (8).
Integrantes do PSDB, principal aliado do Palácio do Planalto, já articulam nos bastidores o desembarque do governo se o TSE decidir condenar o presidente.
 
 
 
 
Mesmo assim, no Senado, está prevista a votação da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).
 
 
 
 
Na Câmara, parlamentares da oposição prometem pressionar pela votação de uma proposta que trata de eleições diretas em caso de vacância do cargo de presidente da República.

0 comentários:

Postar um comentário