16 de janeiro de 2017

APÓS REBELIÃO, ROBINSON FARIA DIZ QUE PEDIRÁ MAIS AGENTES DA FORÇA NACIONAL NO RN

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, publicou no Twitter, nesta segunda-feira (16), que pedirá ao Governo Federal mais agentes da Força Nacional para atuar no estado – onde 26 presos morreram durante uma rebelião de 14 horas na Penitenciária de Alcaçuz entre sábado e domingo (15).
 
 
 
 
PM e GOE entram na Penitenciária de Alcaçuz após rebelião (Foto: Divulgação/PM)
 
 
 
O governador disse ainda que tem uma reunião com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, nesta terça-feira e que solicitou uma audiência com o presidente Michel Temer. A Força Nacional chegou ao estado em março de 2015 durante uma série de motins nos presídios. Em setembro de 2016, o efetivo da Força Nacional no RN era de 116 agentes.
 
 
 
 
A Penitenciária de Alcaçuz é a maior unidade prisional do Rio Grande do Norte. Quase todos os presos mortos durante a rebelião foram decapitados, segundo o governo. Esse foi o motim mais violento do RN. A rebelião foi controlada na manhã de domingo, e os corpos foram retirados na tarde do mesmo dia.
 
 
 
 
Foto: Divulgação/PM.

0 comentários:

Postar um comentário