24 de fevereiro de 2015

PRÉ-CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA COMBATE À DESERTIFICAÇÃO ACONTECE EM CAMPINA GRANDE

Nos dias 25 e 26 de fevereiro, Campina Grande sediará o “Seminário Nacional Combate à Desertificação, Degradação das Terras e Convivência com a Semiaridez para Redução da Pobreza e um Desenvolvimento Sustentável”. O evento será realizado no auditório do Insa, correspondente científico do Brasil na UNCCD, e terá início na quarta-feira, a partir das 8h.

Banner seminário 

Será o evento preparatório para a participação de representantes do Brasil na 3a Conferência Científica Internacional da Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação (UNCCD), a ser realizada em Cancún, México, no período de 9 a 12 de março deste ano.

O evento preparatório é uma realização do Instituto Nacional do Semiárido (Insa/MCTI), em parceria com o Departamento de Combate à Desertificação do Ministério do Meio Ambiente (DCD/MMA), a Comissão Nacional de Combate à Desertificação (CNCD), o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA Brasil) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) no Brasil.

Pesquisadores que atuam em diversas áreas no Semiárido brasileiro estarão reunidos com o objetivo de discutir, à luz do conhecimento científico, tecnológico, popular e práticas tradicionais, vulnerabilidades e estratégias de adaptação dos ecossistemas da região semiárida brasileira (particularmente dos agroecossistemas) e das populações das regiões afetadas pelo processo de desertificação, incluindo aquelas que recentemente se tornaram susceptíveis às consequências das mudanças climáticas.

O evento contará com três painéis: o primeiro fará um diagnóstico da vulnerabilidade e capacidades de adaptação dos ecossistemas e populações das regiões afetadas pelas mudanças climáticas; o segundo debaterá a implementação de tecnologias a partir do conhecimento adquirido por meio das experiências bem sucedidas com uso do solo, segurança hídrica, agroecossistemas, manejo florestal sustentável, entre outros; já o último discutirá métodos de monitoramento e avaliação da desertificação.

Os conhecimentos compartilhados e as diretrizes definidas durante o evento irão subsidiar o posicionamento da delegação brasileira que participará da 3ª Conferência Científica da UNCCD.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

STF TEM MAIORIA PARA TORNAR JANONES RÉU POR POSTAGENS CONTRA BOLSONARO

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta sexta-feira (14) para tornar réu o deputado federal André Janones (A...