25 de junho de 2022

CONTRÁRIO À PRISÃO DE EX-MINISTRO, MPF QUER INVESTIGAR SUPOSTA INTERFERÊNCIA

O Ministério Público Federal pediu à Justiça que a investigação sobre o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro seja enviada para o Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo o MPF, em pedido atendido pelo juiz Renato Borelli, da Justiça Federal de Brasília, a medida é necessária porque há indício de que o presidente Jair Bolsonaro pode ter interferido na investigação. 

 

Inicialmente, o MP se pronunciou contra a prisão do ex-ministro. 

 

O áudio amplamente divulgado na imprensa revela que Ribeiro, em conversa com a filha em 9 de junho, duas semanas antes da operação da Polícia Federal, disse que recebeu uma ligação de Bolsonaro. O presidente, relatou Ribeiro, teria dito ter um  “pressentimento” que “eles podem querer atingi-lo através de mim”. O ex-ministro explica ainda que “ele acha que vão fazer uma busca e apreensão…em casa”.

0 comentários:

Postar um comentário