5 de dezembro de 2019

DENÚNCIA QUE PROVOCOU PROIBIÇÃO DE ASFALTAMENTO NO CENTRO DE JARDIM DO SERIDÓ FOI FEITO POR EX-SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL

Além de uma anônima, e de uma de suposta ONG, consta nos autos do processo uma denúncia no Ministério Público formulada via WhatsApp, contra o capeamento asfáltico do centro de Jardim do Seridó, em nome do analista de sistema, Alexandre de Sá Viera, que se declara morador do Bairro Comissão em Jardim do Seridó. 








Na denúncia, Alexandre faz questionamentos que “justificaria” sua denúncia, mostrando que o referido capeamento asfáltico não seria viável, e que tecnicamente o serviço não prestaria, mas, tudo feito de forma bem amadora, sem qualquer laudo técnico de um engenheiro com especialização na área.




Apesar de legal, o único fato que causa estranheza na denúncia, é o de que o denunciante foi nomeado analista de sistema pelo atual prefeito no início da atual administração, mas, foi exonerado, por fortes indícios de que o mesmo estaria "vazando" informações da administração. Ai fica uma pergunta no ar. Será que se ainda tivesse no cargo, iria fazer a mesma denúncia? 




Ademais, existem fortes indícios de que o denunciante tem fortes ligações com o grupo da oposição de Jardim do Seridó, formado pelos únicos que foram contra a obra de asfaltamento do centro de Jardim do Seridó.




Por fim, vale salientar que, um desembargador, em forma de liminar, havia liberado a obra, mas, estranhamente, sua decisão foi derrubada posteriormente por seus colegas desembargadores. 




Do Blog: Quem será o "poderoso" que o denunciante tem fortes laços? Quando eu descobrir tudo, eu falo!

0 comentários:

Postar um comentário