22 de janeiro de 2019

PT ARTICULA BLOCO COM PSB E PSOL PARA FAZER OPOSIÇÃO A MAIA

Os presidentes de PT, PSB e PSOL se reunirão nesta terça-feira (22) em Brasília para discutir a formação de um bloco de centro-esquerda para se opor ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), candidato à reeleição na Casa. 




O PT admite, até, fechar acordo com PP e MDB, a quem o partido fez oposição durante o governo Michel Temer. 




"Não estamos negando conversa com ninguém. Os Líderes têm se falado, mas, antes, queremos fechar um bloco forte com os partidos de centro-esquerda", disse a presidente do PT, Gleisi Hoffmann. 




Nesta segunda (21), Gleisi se reuniu com os deputados federais Ivan Valente (PSOL) e Marcelo Freixo (PSOL, além dos petistas Paulo Pimenta e José Guimarães. 




Nesta terça-feira, o PSB vai se reunir com os partidos. O PSB, assim como o PT, flerta com o MDB e PP. 





O problema: o PSOL tem resistências e não quer se aliar ao MDB e ao PP, que também faz oposição a Maia. 




Procurado, Freixo, que estava na reunião, confirmou a informação. 




O PT e o PSB, no entanto, trabalham por um acordo mais amplo, incluindo MDB e PP. "Nós não temos resistência, é mais o PSOL mesmo. Mas nossa prioridade, primeiro, é montar um bloco forte de cinco partidos para nos posicionarmos na Câmara. O importante é que já tomamos a decisão de ser contra a candidatura de Maia", disse Gleisi. 





Além de PSB e PSOL, o PT quer convencer PDT e PcdoB a montarem o bloco. Gleisi disse que, nesta segunda, procurou o presidente do PDT, Carlos Lupi, para conversar. 





O PDT já fechou apoio a Maia. A deputada federal eleita também procurou o comando do PcdoB, que quer apoiar Rodrigo Maia. “Acho importante estarmos juntos, ainda não sabemos quem vamos apoiar, o PSOL colocou o nome do Freixo, vamos ver o que diz o PSB”. 




A reunião dos partidos de esquerda está prevista para as 11h30 desta terça-feira, segundo Gleisi. 



Fonte: G1.

0 comentários:

Postar um comentário