27 de outubro de 2017

COMANDANTE DO 3º BATALHÃO MORRE APÓS SER BALEADO DO RJ

O comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, no Méier, coronel Luiz Gustavo Lima Teixeira, morreu após ser baleado por criminosos. Ele foi levado para o Hospital Salgado Filho, onde passou por uma cirurgia, mas não resistiu.
 
 
 
 
O comandante do 3° BPM foi o 111° policial militar morto neste ano. Pouco depois, outro PM, identificado como Djalma Veríssimo Pequeno, foi assassinado em Guadalupe, também na Zona Norte.
 
 
 
 
Segundo a polícia, o carro descaracterizado em que estavam coronel e motorista bateu de frente com bandidos que desembarcaram para iniciar um arrastão, dando início à troca de tiros.
 
 
 
 
O cabo que conduzia o veículo foi atingido na perna, atendido no Hospital Salgado Filho e transferido para o Hospital Central da PM. Segunda polícia, ele não correr risco de vida.
 
 
 
 
Policiais da Delegacia de Homicídio estiveram no hospital e levaram as fardas dos dois policiais para a perícia.
 
 
 
 
O coronel tinha 48 anos, estava havia 26 na PM e à frente do 3° Batalhão do Méier há quase dois anos. Ele deixa esposa e dois filhos.

0 comentários:

Postar um comentário