24 de agosto de 2012

FELIPE MAIA CRITICA VETOS À LDO

Felipe Ma..A presidente Dilma Rousseff vetou 25 itens da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2013. Entre os vetos, estava o anexo de metas e prioridades, um documento que aponta as obras que têm preferência na execução orçamentária. Com o veto e a falta de direcionamento, não há transparência dos gastos do governo federal.

De acordo com o deputado Felipe Maia (Democratas), o anexo foi elaborado com base em 920 emendas apresentadas por deputados e senadores na Comissão Mista de Orçamento (CMO). Foram listadas 221 ações em setores como mobilidade urbana, agricultura familiar, educação profissional e política espacial.

Com o veto, as prioridades do Orçamento resumem-se ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e ao Plano Brasil Sem Miséria, mas não listam os investimentos dentro dos programas. Tanto o Congresso deve auxiliar na definição dos gastos quanto o contribuinte tem o direito de saber onde serão aplicados os recursos públicos”,explicou o parlamentar.

“PAC das Concessões”

Na última semana a presidente Dilma lançou um pacote de concessões para incentivar investimentos em infraestrutura, chamado Programa de Investimentos em Logística. O plano prevê a concessão à iniciativa privada de 7,5 mil quilômetros de rodovias e 10 mil quilômetros de ferrovias federais.

Entretanto, segundo Felipe Maia, o Nordeste foi pouco contemplado. “As estradas da região foram excluídas desse plano e a malha ferroviária chega somente até Pernambuco. O Nordeste parece não existir no mapa da presidente”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LULA VOLTA A ATACAR CAMPOS NETO, ELEITO MELHOR PRESIDENTE DE BC DO MUNDO

Incomodado com a tendência de estagnação da taxa de juros e com a presença do chefe do Banco Central em jantar promovido pelo governador d...