21 de dezembro de 2023

EX-DIRETOR DA PRF DE BOLSONARO É INOCENTADO DE IMPROBIDADE

A Justiça Federal no Rio de Janeiro absolveu Silvinei Vasques, ex-diretor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em uma ação de improbidade administrativa relacionada ao suposto apoio à candidatura de Jair Bolsonaro nas eleições de 2022. 

 

A decisão foi proferida pelo juiz José Arthur Diniz Borges, da 8º Vara Federal do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (19). 

 

De acordo com o magistrado, as condutas questionadas não caracterizam atos de improbidade. A defesa de Vasques já esperava a improcedência da ação e destacou que o caso não possui nenhuma carga jurídica contra o réu. 

 

O ex-diretor da PRF se tornou réu em novembro de 2022, após uma ação movida pelo Ministério Público Federal (MPF) que alegou que Vasques fez uso indevido do cargo, desviando sua finalidade e utilizando símbolos e imagem da instituição policial para favorecer Bolsonaro. 

 

Entre as condutas questionadas pelo MPF estava a entrega de uma camisa do Flamengo ao então ministro da Justiça, Anderson Torres, durante um evento oficial em 2022. A camisa continha o número 22, mesmo número de urna do partido de Bolsonaro. Além disso, Vasques fez postagens com cunho eleitoral em suas redes sociais, chegando a fazer um pedido explícito de votos a favor de Bolsonaro em sua conta privada no Instagram, que foi apagado logo em seguida.

 

Na decisão, o juiz destacou a necessidade de dissociar a manifestação da autoridade como representante institucional e uma manifestação pessoal como cidadão. Segundo ele, classificar como ilícita a publicação em perfil pessoal da autoridade fere a lógica da manifestação e expressão prevista na Constituição Federal.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGURANÇA É MORTO A TIROS DURANTE ASSALTO EM CIDADE SERIDOENSE

O segurança, identificado como sendo, Juvenal, foi morto a tiro no início da noite desta terça-feira, (27), no centro da cidade de Currais N...