28 de novembro de 2023

MULHER QUE MATOU CAICOENSE NA PB COM 95 FACADAS É CONDENADA A 67 ANOS DE PRISÃO

A mulher, identificada como Marilene da Silva Ramos, de 45 anos, foi condenada a cumprir pena de 67 anos, dois meses e 20 dias de reclusão, em regime fechado. Ela é acusada de matar a caicoense Gillimara Santos da Costa, com 95 facadas e tentar contra a vida de Eliene Santos da Silva Diniz e Davi Lucas Santos da Silva, mãe e sobrinho da vítima. O júri popular aconteceu na capital paraibana. 

 

O crime aconteceu no loteamento Parque do Sol, em Gramame, Zona Sul de João Pessoa, em março de 2021. Marilene foi presa no mês seguinte, já na cidade de Campina Grande. Segundo a Polícia Civil, a motivação do crime seria ciúmes, após um relacionamento de aproximadamente cinco anos.


Durante a sentença, o juiz destacou a utilização de medicamentos e venenos por parte da acusada, o que somou os crimes. “os medicamentos benzodiazepínicos e veneno foram colocados na noite anterior ao crime de feminicídio e, para cada copo/taça houve a colocação das substâncias mencionadas. Já o feminicídio, se deu no dia seguinte. Portanto, foram três ações distintas realizadas. Por essa razão, faço o somatório das penas, totalizando 67 anos, 02 meses e 20 dias de reclusão”.

 

Pela tentativa de homicídio contra Eliane Santos da Silva Diniz, a pena definitiva foi de 13 anos e 04 meses de reclusão, já em relação ao crime praticado contra Davi Lucas Santos da Silva, o juiz impôs 15 anos, 06 meses e 20 dias de reclusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

‘TENTATIVA DE GOLPE COM MINUTA É RIDÍCULO’, AFIRMA O SENADOR HAMILTON MOURÃO

O senador Hamilton Mourão (Rep-RS) negou que tenha havido “tentativa de golpe de Estado”, conforme versão dos adversários de Jair Bolsonaro ...