30 de dezembro de 2022

‘BOLSONARISTA’ PRESA POR TOCAR O TERROR EM BRASÍLIA APOIOU FUTURO MINISTRO DE LULA, DO PSB

O futuro ministro Márcio França (Portos e Aeroportos), do PSB, escolhido pelo presidente eleito Lula, contou com apoio da suposta bolsonarista Klio Hinaro, presa nesta quinta (29) na Operação Nero, deflagrada pela Polícia Federal e Polícia Civil do DF. Klio esteve em evento com França, então candidato socialista ao Governo de São Paulo, e fez questão de registrar o momento e chamar o socialista de “nosso futuro governador”. 

 

O caso Klio, que era do QG em Brasília, ligou o alerta nos movimentos pró-bolsonaro. Suspeita-se de infiltrados esquerdistas e baderneiros.

 

Klio Hinaro é conhecida na política: disputou a prefeitura de Tupã (SP) em 2020. Com 1,17% do total, ficou em última com apenas 364 votos.

 

O pai da manifestante é Eizi Hirano, um dos mais importantes e influentes empresários da fotografia do Brasil. Morreu em 2019.

 

A operação deflagrada ontem foi para prender envolvidos na noite de vandalismo e tentativa de invasão da sede da PF, em Brasília, no dia 12.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MILEI PROÍBE O USO DA LINGUAGEM NEUTRA NA ARGENTINA

O porta-voz da Presidência argentina, Manuel Adorni, afirmou nesta terça-feira (27) que o presidente Javier Milei decidiu proibir a linguage...