28 de julho de 2020

EMENDA DE VIVALDO NO VALOR DE MEIO MILHÃO DE REAIS JÁ ESTÁ DISPONÍVEL PARA O COMBATE À COVID-19 NO SERIDÓ

O deputado Vivaldo Costa (PSD) anunciou que o governo liberou mais uma parcela da emenda impositiva destinada, através do seu mandato, para combater a Covid-19 no Seridó. O recurso, na ordem de R$ 300 mil (trezentos mil reais), que já está disponível desde a última sexta-feira (24), soma-se a uma primeira parcela também já liberada no valor de R$ 200 mil (duzentos mil reais). O montante remanejado por Vivaldo é de dois milhões de reais, que deverá ser liberado gradativamente pelo Governo do Estado.




Todo recurso, que chega a meio milhão de reais, disponível nos cofres da Prefeitura Municipal de Caicó, deve ser aplicado no Hospital Regional Telecila Freitas Fontes, que é a referência no tratamento a Covid-19 no Seridó.



Vivaldo explica que no início da pandemia foi destinado R$ 200 mil, para aquisição de equipamentos com destino a ampliar a capacidade instalada do Hospital Regional do Seridó. “Já foi finalizado o processo licitatório, na modalidade pregão, e a empresa ganhadora está providenciando a entrega dos equipamentos.” 




Sobre a segunda parcela, o parlamentar disse que está liberada e encontra-se na conta do município de Caicó, no valor de R$ 300 mil, que será aplicado na aquisição de insumos e materiais de proteção individual para profissionais do Hospital Regional do Seridó, que recebe diariamente pacientes acometidos de problemas respiratórios decorrente do novo coronavírus de toda região.





“Cada deputado tem direito a destinar dois milhões em emendas para onde desejar. Como médico tinha consciência que enfrentaríamos dias difíceis, que infelizmente estamos passando. Assim resolvi destinar todo recurso das minhas emendas impositivas para o combate à Covid-19. Sei que o Hospital Regional é referência e tem recebido pacientes do Seridó e de outras regiões do estado. Como deputado, sei que este recurso tem sido importante para salvar vidas”, defendeu Vivaldo.

0 comentários:

Postar um comentário