27 de maio de 2020

“ESTAMOS SÓS”, DIZ PREFEITO DA 4ª MAIOR CIDADE DO RN AO RECLAMAR DE AUSÊNCIA DO GOVERNO ESTADUAL

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio de Medeiros, usou as redes sociais para cobrar ajuda do Governo do Estado para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus no município. Em um desabafo publicado no Facebook, o prefeito disse que São Gonçalo “necessita da devida atenção” da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap).




“Sendo a quarta maior cidade do RN, com mais de 100 mil habitantes, São Gonçalo do Amarante não tem qualquer ajuda financeira do Estado para a saúde do município nem há, aqui, nenhuma estrutura de saúde do Estado como tem Macaíba, Parnamirim e várias outras cidades menores”, escreveu Paulo Emídio, que é mais conhecido como Paulinho.




O gestor municipal criticou o fato de a Sesap não ter incluído São Gonçalo do Amarante na lista das cidades que serão beneficiadas com os respiradores pulmonares enviados pelo governo federal para o Rio Grande do Norte. Nesta segunda, o governo Fátima anunciou o recebimento de 120 equipamentos, sendo 80 para o Estado e 40 específicos para o município de Natal.




“Mas a verdade é que estamos sós diante de uma situação em que deveríamos estar, mais do que nunca, de mãos dadas”, reclamou Paulo Emídio.




De acordo com o último boletim epidemiológico da Sesap, divulgado na segunda, São Gonçalo do Amarante tem 142 casos confirmados de coronavírus, com 12 óbitos.

0 comentários:

Postar um comentário