8 de janeiro de 2020

“VIVA”! HOMEM QUE MATOU “AMIGO” E É ACUSADO DE ESTUPRAR A ESPOSA DA VÍTIMA SE APRESENTA, CONFESSA O CRIME, E SAI PELA PORTA DE FRENTE DE DELEGACIA DO RN

Um homem é suspeito de matar um conhecido e estuprar a esposa dele no último domingo (5) em Sítio Novo, município no interior do Rio Grande do Norte. Ele se apresentou à Polícia Civil nesta segunda-feira (6), confessou o homicídio, mas foi liberado.




De acordo com o delegado Luiz Gonzaga Lucena, que estava na Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal na segunda (6), o homem foi ao local por volta das 11h, afirmou que estava arrependido e queria responder pelo crime. O suspeito, no entanto, não confessou o estupro.



 
Ainda de acordo com o delegado, o homem relatou que havia consumido bebida alcoólica, o que evitava fazer há cerca de um ano, por “perder a cabeça”. Após a bebedeira, ele voltou à sua casa por volta de 0h de domingo, pegou equipamentos de caça, como uma espingarda e uma faca, e saiu.




“Ele disse que chegou à casa da vítima, que é até longe da casa dele, e pediu água. Eles eram conhecidos, porque a mulher dele é prima da esposa do rapaz”, afirmou. “Depois houve uma discussão, que ele não soube explicar o motivo. A vítima teria agredido ele na cabeça e ele esfaqueou a vítima”, contou o delegado.




Apesar de confessar o assassinato, o homem não confirmou que estuprou a mulher. A vítima passará por exames de corpo de delito, para a polícia confirmar o estupro. Segundo a Polícia Civil, o homem não tinha outras passagens pela polícia.




Após o crime, o homem deixou Sítio Novo para se esconder em Natal, mas teria se arrependido do crime, e por isso se apresentou na delegacia de plantão.



Fonte: G1/RN.

0 comentários:

Postar um comentário