21 de dezembro de 2018

MP PROCESSA WALTER, DR. BERNARDO, CARLOS EDUARDO E EX-PREFEITO DE CIDADE SERIDOENSE POR CHURRASCO E BEBIDAS NA ELEIÇÃO

O Ministério Público Eleitoral no Rio Grande do Norte ajuizou uma ação de investigação judicial por abuso de poder econômico contra o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT), candidato derrotado ao Governo; o deputado federal reeleito Walter Alves (MDB); o deputado estadual eleito Bernardo César Carlos Belarmino de Amorim, o Dr. Bernardo (Avante); além do ex-prefeito de Jardim de Piranhas Antônio Soares de Araújo, mais conhecido como Antônio Macaco.





Todos vêm sendo investigados pela realização de um comício regado a bebidas alcoólicas e churrasco, com ampla distribuição para a população no dia 30 de setembro – uma semana antes da realização do primeiro turno das eleições. A denúncia diz que as bebidas e as carnes foram utilizadas como moeda de barganha para o beneficiamento das referidas candidaturas no pleito de 2018, o que caracteriza abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio.






O flagrante da denúncia foi feito pelo Grupo de Atuação de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), durante a operação “Sufrágio 2018”, relatando supostas irregularidades eleitorais na cidade de Jardim de Piranhas, no interior do Estado, no dia 30 de setembro de 2018. Pela denúncia, foi constatada movimentação político-partidária dos candidatos Carlos Eduardo Alves, Walter Alves e Dr. Bernardo – todos acompanhados do ex-prefeito da cidade, Antônio Macaco. Na oportunidade, espalhou-se pela cidade notícias de que haveria distribuição gratuita de bebidas (cervejas) e churrasco durante o comício dos candidatos, chegando ao conhecimento, inclusive, da equipe do Gaeco/MPRN.







Com a finalidade de comprovar a veracidade acerca do relato de que tomou conhecimento, a equipe de inteligência do Gaeco dirigiu-se ao local e constatou a ampla distribuição de bebidas e churrasco durante o evento político, com grande parcela dos eleitores do município, tamanha a quantidade de pessoas presentes no referido evento político. No trabalho de campo, comprovou-se que o evento foi realizado em via pública, na qual estavam montadas inúmeras tendas e distribuídas centenas de mesas e cadeiras, com a entrega, de forma gratuita, de uma quantidade elevada de bebidas alcoólicas e churrasco para qualquer pessoa que se deslocasse ao local e pedisse a entrega dos referidos insumos.






Uma residência – localizada na Rua Rita Tereza de Araújo, nº 214, Centro, Jardim de Piranhas/RN – e um veículo Volkswagen Saveiro, de placa OXA-6365, estacionado em via pública, serviam de apoio para a distribuição gratuita de bebidas. Na residência havia um freezer horizontal e algumas pessoas trabalhando com a entrega gratuita das bebidas.

0 comentários:

Postar um comentário