9 de outubro de 2017

GOVERNO FAZ PARCERIA COM SETOR PRIVADO PARA INCORPORAR 5 MIL CÂMERAS DE VIGILÂNCIA AO CIOSP

Uma nova ação do Governo do Estado vai permitir a integração de cinco mil câmeras de vigilância ao Centro de Operações Integradas em Segurança Pública (Ciosp) da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed). Para isso foi assinado nesta segunda-feira, 09, o termo de cooperação "Conectados com a Segurança" com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL).
 
 
 
 

 

 
 
No ato de assinatura, o governador Robinson Faria lembrou que desde o início a atual gestão vinha buscando essa parceria com o setor privado. "Agora concretizamos essa colaboração e a CDL abre caminho para ampliarmos a integração dos sistemas de vigilância privado na luta contra o crime", afirmou o Governador.
 
 
 
 

 
 
 
 
Robinson também citou o acatamento de sua sugestão pelo presidente da República Michel Temer, em promover reunião específica dele, da presidente do Supremo Tribunal Federal e dos presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados com os governadores para tratar exclusivamente da segurança pública. Essa reunião vai acontecer no final deste mês, no Acre. "A insegurança pública hoje é resultado da falta de uma política pública nacional de segurança. É preciso a soma de esforços da União, dos Estados e dos municípios e uma grande ação envolvendo esporte, lazer, cultura e campanhas educativas em promoção da cidadania", defende.
 
 
 
 
 

Todos os setores produtivos da sociedade civil e condomínios residenciais poderão integrar as imagens das suas câmeras voltadas para as ruas. Isso permitirá uma ampla cobertura da cidade. O termo de cooperação assegura o sigilo da origem das imagens cedidas.
 
 
 
 

Hoje 20 câmeras do setor privado estão integradas ao Ciosp. A perspectiva é de outras cinco mil venham a ser integradas. "Nós temos tecnologia e recursos humanos capacitados para este trabalho. Nosso propósito é interligar toda Natal", informou a secretária de Segurança, Sheila Freitas.
 
 
 

O presidente da CDL, Augusto Vaz considerou o acordo assinado com o Governo do Estado "um grande passo para melhorar a segurança".  Ele disse que há 11 anos a CDL discutia essa integração que agora é concretizada.

0 comentários:

Postar um comentário