27 de dezembro de 2016

CAIXA-PRETA DE AVIÃO MILITAR RUSSO QUE CAIU NO MAR É RECUPERADA

Uma das caixas-pretas do avião militar russo Tu-154, que caiu no Mar Negro no domingo (25) com 92 pessoas a bordo, foi encontrada. A informação foi divulgada pela agência de notícias russa TASS e confirmada pelo Ministério de Defesa do país.
 
 
 
 
 
Navios de resgate russos patrulham a costa do Mar Negro à procura de destroços do avião militar russo que caiu no domingo (Foto: Yekaterina Lyzlova/AFP)
 
 
 
 
A caixa-preta foi achada às 5h42 de Moscou (0h42 do horário de Brasília), a 1,6 km da costa e 17 metros de profundidade, divulgou o Ministério da Defesa em um comunicado. O objeto, que contém informações do voo que podem ajudar na identificação da causa do acidente, será enviada ainda hoje para Moscou para análise.
 
 
 
Os destroços do avião já haviam sido encontrados ontem. A operação de busca envolve mais de 3,5 mil pessoas, incluindo 150 mergulhadores, além de 45 embarcações, 5 helicópteros e drones.
 
 
 
O avião militar caiu no mar depois de decolar do balneário de Sochi, no sudoeste da Rússia. Não há sobreviventes.
 
 
 
 
A aeronave levava 84 passageiros e 8 tripulantes de Moscou para a Síria e perdeu contato com as torres de controle após decolar de Sochi, onde havia parado para reabastecimento.
 
 
 
 
 
A bordo do avião viajavam militares e integrantes do renomado coral e grupo de dança Alexandrov, do Exército russo, que participariam das comemorações de Ano-Novo na base aérea síria de Khmeimim, em Latakia, onde a Rússia tem um agrupamento de aviões de guerra.
 
 
 
 
Além dos integrantes do coral também estavam a bordo nove profissionais de imprensa, oito soldados e dois funcionários civis.

0 comentários:

Postar um comentário