27 de dezembro de 2014

CORPOS DE VÍTIMAS DE ACIDENTE AÉREO PASSARÃO POR EXAMES EM SÃO PAULO

O Corpo de Bombeiros já retirou os corpos das vítimas do acidente aéreo que deixou cinco mortos na manhã deste sábado (27) em Bertioga, no litoral de São Paulo. A corporação recebeu apoio da equipe de perícia. De acordo com os legistas, os cadáveres seguirão diretamente para a capital paulista, onde passarão por exames.

Corpos das cinco vítimas foram retirados no meio da tarde deste sábado (Foto: Cássio Lyra / G1)

De acordo com um dos legistas que estavam no local do acidente, os corpos serão levados diretamente à Capital, sem passar por especialistas da Baixada Santista. “Resolvemos mandar os corpos para o Instituto Médico Legal (IML) Central de São Paulo, assim a família poderá fazer o reconhecimento lá, uma vez que não há motivos para ficarem no IML de Guarujá”, afirma.

Helicóptero caiu em uma área de mata em Bertioga, no litoral de São Paulo (Foto: Divulgação / Polícia Militar)

Equipes do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa IV) seguem no local para finalizar as investigações nos destroços do helicóptero e tentar apontar o motivo do acidente aéreo. As equipes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e da perícia já deixaram o local.

Legistas dizem que os corpos serão levados diretamente para São Paulo (Foto: Cássio Lyra / G1)

Os documentos encontrados dentro do helicóptero pertenciam ao casal Marcelo Müller e Lumara Rocha Passos Müller. Também foram localizados documentos de Geórgia Passos Müller, de dois anos, que seria a filha do casal. Ao todo, cinco pessoas morreram durante a queda. Além do casal e da criança, uma adolescente, que seria a babá de Geórgia, e o piloto estão entre as vítimas.

Helicóptero sofreu acidente em Bertioga, no litoral de São Paulo (Foto: Divulgação / Polícia Militar)

Marcelo Müller, de 33 anos, é natural de Ribeirão Preto, no interior paulista, e era acionista da Companhia Müller de Bebidas, Pirassununga 51. Marcelo era neto do fundador da empresa, Guilherme Müller. Já Lumara, de 31 anos, era diretora de vendas em uma emissora de televisão em São Paulo.

Helicóptero que caiu em Bertioga é do modelo esquilo (Foto: Divulgação / Polícia Militar)

Segundo a Polícia Militar, o piloto da aeronave foi identificado como sendo Thiago Yamamoto. Já a adolescente ainda não teve a identidade confirmada pelas autoridades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LULA VOLTA A ATACAR CAMPOS NETO, ELEITO MELHOR PRESIDENTE DE BC DO MUNDO

Incomodado com a tendência de estagnação da taxa de juros e com a presença do chefe do Banco Central em jantar promovido pelo governador d...