25 de dezembro de 2023

BARROSO LIBERA CAMELI PARA FESTEJAR FIM DE ANO COM IRMÃOS DENUNCIADOS

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, acatou ontem (23) um pedido do governador do Acre, Gladson Cameli (PP), para passar as festas de Natal e Ano Novo com seus irmãos, Eládio Cameli Júnior e Gledson Cameli. A decisão flexibiliza determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que impedia contato entre os Cameli, desde março, por causa das suspeitas que levaram a Procuradoria-Geral da República (PGR) a acusá-los de crimes e desvios de R$ 11,7 milhões, investigados no âmbito da Operação Ptolomeu.

 

Com parecer favorável da PGR, Barroso autorizou o governador a festejar o fim de ano ao lado de seus irmãos, até o dia 1º de janeiro. Eles e outras dez pessoas foram denunciados, no final de novembro, pelos crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, peculato, lavagem de dinheiro e fraude a licitação.

 

A denúncia acusa Gladson Cameli de comandar um esquema que resultou em contratos assinados com o governo do Acre, com suspeitas de fraude ou direcionamento.

 

O vice-procurador-geral Hindenburgo Chateaubriand, em seu parecer, concluiu que as proibições de contato entre os Cameli visam assegurar a ordem pública, a instrução criminal e a aplicação da lei penal, em caso de notória e concreta complexidade. Mas ponderou pela flexibilização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

‘TENTATIVA DE GOLPE COM MINUTA É RIDÍCULO’, AFIRMA O SENADOR HAMILTON MOURÃO

O senador Hamilton Mourão (Rep-RS) negou que tenha havido “tentativa de golpe de Estado”, conforme versão dos adversários de Jair Bolsonaro ...