3 de fevereiro de 2023

DEPUTADO ACIONA MP POR ‘GASTO’ FANTASMA DE R$1 MILHÃO DA MINISTRA DO TURISMO

O deputado federal Deltan Dallagnol (Podemos-PR) acionou o Ministério Público do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (3), para apurar denúncias contra a ministra do Turismo do governo Lula, Daniela Carneiro. A ministra é acusada de desvios de mais de R$1 milhão do fundo eleitoral, além de atos de improbidade para beneficiar gráficas fantasmas. 

 

Daniela Carneiro é esposa do prefeito de Belford Roxo (RJ), Wagner Carneiro, o “Waguinho”, que foi peça-chave na reta final da campanha do petista Lula para presidente, em 2022.

 

Segundo deputado, a então candidata a deputada federal pelo Rio de Janeiro teria usado R$ 1,09 milhão do fundão eleitoral em gráficas que não existem nos endereços cadastrados publicamente. “Desperta nossa atenção, ainda, o fato de as duas empresas com aparentes irregularidades cadastrais possuírem o mesmo proprietário, Filipe de Souza Pegado, que foi Secretário Municipal de Educação de Belford Roxo, cidade onde o esposo de Daniela Carneiro é prefeito”, diz o pedido do deputado ao MP. 

 

O requerimento de Dallagnol também aponta que uma das gráficas recebeu mais de R$ 6 milhões da prefeitura de Belford Roxo. 

 

As duas gráficas, Rubra Editora Gráfica Ltda. e Printing Mídia Ltda., receberam respectivamente R$ 561 mil e R$ 530 mil do fundão eleitoral, diz a denúncia. Entretanto, a sede de uma empresa é um espaço de coworking e da outra é um espaço que pertence ao um frigorífico de carnes, onde jamais teria funcionado uma gráfica. 

 

“O presidente Lula disse em 6 de janeiro que quem cometesse irregularidades no governo seria convidado a se retirar, mas já são semanas de divulgação na imprensa de irregularidades de vários ministros de Estado e nada acontece. Como Lula não cumpriu sua promessa com o povo brasileiro, estamos acionando o Ministério Público para fazer valer a promessa que nós fizemos: fiscalizar, cobrar, e representar a indignação da sociedade com os abusos do governo Lula”, disparou Dallagnol, que foi coordenador da Operação Lava Jato no Ministério Público.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÚMERO DE MORTOS EM TRAGÉDIA NO RS SOBE PARA 154

Boletim divulgado nesta sexta-feira, (17), pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul atualizou os números da tragédia que assola o estado em d...