11 de agosto de 2022

SERVIDOR É AGREDIDO VERBALMENTE POR “PODEROSA” DENTRO DO AMBIENTE DE TRABALHO

Retornando do isolamento, o fofoqueiro “Chico de Candinha” já chegou com a “corda toda”, e jura que presenciou um fato lamentável em uma secretaria de uma cidade seridoense, onde um servidor público municipal teria sido agredido verbalmente por uma “poderosa”, que se dizia ser uma “autoridade”, e por se achar “autoridade”, usou de muita agressividade contra o mesmo.

 

Segundo o fofoqueiro, mostrando muita agressividade, a tal “poderosa” botou o dedo na cara do servidor, e desferiu muitos insultos e até palavras nada elegantes contra o mesmo, acusando-o de um erro em um serviço prestado pelo município, que teria sido executado pelo servidor.

 

Vale salientar que, ao gritar que é “autoridade”, querendo intimidade o servidor, essa “poderosa” esquece, ou não sabe, que, agredir verbal ou fisicamente um funcionário público no exercício de sua função ou em razão dela é crime que está previsto no artigo 331 do Código Penal, e tem pena com detenção de seis meses a dois anos, ou multa – a depender do caso. Resta saber se o servidor irá fazer uma queixa, e assim coibir esse tipo de desrespeito.

 

Do Blog: Chico não me falou qual a cidade, nem os envolvidos, mas, ele me garantiu que o irmão do servidor é uma autoridade, e com certeza fará um vídeo e postará nas redes sociais denunciando o fato. Será?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PEDIDO DE IMPEACHMENT DE LULA SOMA 320 MIL ASSINATURAS EM CINCO DIAS

Atingiu a marca de 320 mil assinaturas em menos de cinco dias o abaixo-assinado na plataforma Change.org pelo impeachment do presidente Lula...