8 de outubro de 2020

COLIGAÇÃO DE AMAZAN CONFIRMA QUE NÃO FEZ NENHUM PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO DE REGISTRO DE CANDIDATURA

Após a bomba do pedido feito pelo Ministério Público Eleitoral do RN, consistente na impugnação do registro de candidatura de Rosemária Azevedo a vereadora, que também é esposa do candidato a prefeito, Iron Júnior, o candidato a reeleição, Amazan Silva, divulgou uma nota em nome da coligação ‘Continuar Melhorando’, na qual afirma que não foi responsável pelo referido pedido, deixando claro ser atribuição do MPE/RN investigar a situação eleitoral de todos os candidatos, independentemente de ser provocado ou não.

 


Vale lembrar, a citação decorre da constatação, pelo MPE/RN, da ainda candidata ter cumprido pena por crime de FURTO QUALIFICADO PELO ABUSO DE CONFIANÇA e FALSIFICAÇÃO DE DOCUMENTO, o que lhe deixa na lista dos ‘Fichas Sujas’, haja vista que, após o cumprimento da pena, por se tratar de um crime que não se enquadra na categoria de crimes de menor potencial ofensivo, lhe acarretou 8 anos de inelegibilidade.

 

 
Mesmo sem citar nomes, Rosemária publicou um vídeo em suas redes sociais, no qual insinua que o MPE/RN teria feito o pedido de indeferimento do registro de sua candidatura por denúncia de seus adversários políticos, o que é negado pelo líder da situação Amazan Silva.

 


Por fim, em respeito a verdade que sempre defendemos, vale salientar que, à citada, foi concedido o direito de defesa em até 07 dias, para que defenda seu direito ao registro de candidatura, que será julgado pelo MM Juiz Eleitoral da 23ª Zona Eleitoral, Dr. André Melo Gomes Pereira.

 

  
Do Blog: Isso se chama jornalismo responsável. Fatos embasados em documentos. Nunca tivemos nem nunca teremos o intuito de macular a imagem de quem quer que seja. Mas, se noticiar a verdade for “denegrir” a imagem de alguém, então continuaremos “denegrindo”, pois aqui se mostra a verdade de verdade. Doa em quem doer!

0 comentários:

Postar um comentário