29 de maio de 2020

POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITO DE MATAR ARQUITETO NO RN


A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (29) um dos suspeitos de matar o arquiteto Eliedson Vinícius Marcelino de Menezes, de 39 anos, no dia 19 de maio. A prisão aconteceu em Parnamirim, na Grande Natal.



O suspeito tem 18 anos e está respondendo por latrocínio: roubo seguido de morte. Um adolescente de 14 anos, que segue em liberdade, estava com ele na casa de Eliedson no momento do crime.




O arquiteto Eliedson Marcelino foi encontrado morto dentro do apartamento em que morava, no bairro de Lagoa Nova, Zona Sul de Natal. O imóvel estava bagunçado quando os familiares chegaram, já na manhã do dia 20 de maio. A porta do quarto em que foi encontrado o corpo estava trancada por fora, segundo relatou um primo da vítima.




Na terça-feira (26), o jovem preso nesta sexta e o adolescente foram ouvidos pela polícia em seguida liberados, porque livraram o flagrante e não havia mandado de prisão contra nenhum dos dois. Nos depoimentos, um acusou o outro do homicídio.




Eles disseram aos investigadores que conheceram Eliedson no dia do crime e que foram até a casa dele para lanchar. Depois disso, um dos dois entrou com o arquiteto para o quarto após acordar um valor para um programa, segundo o relato de ambos. Os dois depoimentos convergem até esse ponto da história.




Já dentro do cômodo, teria havido uma discussão por discordância do dinheiro a ser pago pela vítima. Foi aí que Eliedson Marcelino foi esfaqueado e morreu. O adolescente diz que quem entrou no quarto foi o jovem de 18 anos e este acusa o primeiro de tê-lo feito. Na fuga, os dois levaram o carro do arquiteto.

0 comentários:

Postar um comentário