12 de janeiro de 2020

LÍDERES MUNDIAIS PEDEM INVESTIGAÇÃO INDEPENDENTE SOBRE QUEDA DE AVIÃO NO IRÃ


Líderes mundiais se manifestaram neste sábado (11) a respeito da queda do avião em Teerã e pediram para que o Irã colabore com investigações sobre o incidente. 








O Irã anunciou neste sábado que seus militares derrubaram, sem intenção, o avião ucraniano que caiu na quarta-feira (8) perto de Teerã. O país havia acabado de atacar duas bases militares dos EUA no Iraque, e os militares esperavam uma retaliação dos EUA. Na tragédia morreram 176 pessoas. (veja mais abaixo). 




O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, pediu ao governo do Irã "transparência total" sobre o avião abatido. Ao todo, 63 canadenses morreram no incidente. Ele também afirmou que o foco agora deve ser nas respostas necessárias que envolvem a queda da aeronave. 



O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, publicou uma mensagem em que diz que a queda do avião reforça a importância de se reduzir as tensões no Oriente Médio. Para ele, é preciso conduzir uma investigação transparente e independente.




A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou que a decisão do Irã de admitir que derrubou o avião foi um passo importante. Ela também exigiu uma investigação completa. 



A União Europeia divulgou uma nota em que disse que espera a total cooperação do Irã nas investigações.

0 comentários:

Postar um comentário