11 de setembro de 2019

JUÍZA DECRETA FALÊNCIA DA TELEXFREE, ACUSADA DE PIRÂMIDE FINANCEIRA


A Justiça do Espírito Santo decretou a falência da Telexfree, empresa acusada de praticar pirâmide financeira no Brasil. A decisão é da juíza Trícia Navarro, da 1ª Vara Cível de Vitória. 



A empresa tem sede em Vitória e deve mais de R$ 2 bilhões aos credores




O pedido de decretação de falência foi ajuizado por um dos credores, que acionou a Justiça para receber o valor de mais de R$ 50 mil. De acordo com a decisão, a empresa confirmou o valor devido, disse ser incapaz de pagar a dívida e não se opôs ao pedido.




Na decisão foi nomeado um administrador judicial - uma empresa do estado de São Paulo - que deverá fazer a arrecadação de bens e documentos relativos à empresa. Os sócios administradores da Telexfree deverão apresentar a relação nominal dos credores. 




A juíza também determinou a suspensão de todas as ações ou execuções contra a empresa, com algumas ressalvas previstas em lei, além da lacração da empresa, mesmo que ela já tenha encerrado suas atividades. Além disso, a magistrada destaca que qualquer indício de crime praticado pelos sócios poderá resultar em prisão preventiva. 





Do Blog: Dinheiro fácil não existe. Quem perdeu não foi enganado. Falta de aviso é que não foi!

0 comentários:

Postar um comentário