24 de julho de 2019

HOMEM É PRESO APÓS POLÍCIA DO RN DESCOBRIR QUE SUA NOMARADA FOI MORTA POR ELE E QUE ASSALTO ERA MENTIRA


O namorado da estudante Josierica da Rocha Alves, morta em junho na Grande Natal, foi preso nesta terça-feira (23) suspeito de ser o autor do assassinato. No dia do crime, o homem relatou à polícia que ele e Josierica haviam sido vítimas de um assalto no município de Monte Alegre. Entretanto as investigações apontaram que ele mentiu sobre o roubo. 




Josierica Alves era estudante de Educação Física e tinha 23 anos de idade. De acordo com o que contou o namorado na época do crime, no fim da noite do dia 4 de junho, uma quarta-feira, os dois chegavam em casa, quando foram surpreendidos por dois homens armados que já estavam dentro do imóvel. 





Josierica já teria descido do carro para abrir o portão, quando os bandidos a abordaram. Foi quando ele, o namorado, de dentro do automóvel, teria atirado contra os assaltantes. O homem relatou que, após a troca de tiros, os criminosos fugiram. Josierica foi baleada na cabeça e morreu depois de dar entrada no hospital da cidade. 





Entretanto, de acordo com o policial civil Ricardo Wagner, que atuou nas investigações, ficou comprovado que o namorado da estudante não foi vítima e sim autor do crime. Wagner diz que sequer houve tiroteio, e que os exames periciais comprovaram que o disparo que atingiu Josierica partiu da arma do seu companheiro. 




Do Blog: No meu comentário, na época do fato, já tinha desconfiado que ele seria o autor do crime.





 

0 comentários:

Postar um comentário