12 de dezembro de 2018

PARAIBANA É CONDENADA A PRISÃO POR BATER NO FILHO DE 09 ANOS

Uma mulher foi condenada a um ano e seis meses de detenção, inicialmente em regime aberto, por agredir o filho de nove anos, conforme determinado pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), em João Pessoa, nesta terça-feira (11). 





De acordo com o Tribunal, a apelação partiu de um processo que tramita na 1ª Vara Criminal da Comarca de João Pessoa, contudo, o relator e juiz convocado Miguel de Britto Lyra Filho, modificou a sentença de 1º grau, que absolvia a mulher. 





Segundo o TJ, os autos indicam que em abril de 2017 a mãe puxou as orelhas do garoto, o jogou no sofá e começou a espancá-lo, por acreditar que o menino havia batido na irmã. 





No entanto, ainda conforme o Tribunal, na tentativa de se defender, a criança mordeu o braço da mãe, que o mordeu de volta e puxou o cabelo dele, chegando a tapar o nariz e a boca do menino, sufocando-o. No dia seguinte, o garoto foi levado pelo pai para realizar um exame de ferimento ou ofensa física, emitido pelo Instituto de Polícia Científica, que constatou as lesões. 





A mulher foi denunciada com base em depoimentos de testemunhas, nos laudos e em um artigo do Código Penal, que estabelece uma pena de três meses a três anos para esse tipo de crime. 




Do Blog: Uma "Palmadinha" na mão ou no bunda não faz mal à ninguém. Agora, espancar não pode! Castigo ainda é o melhor corretivo.

0 comentários:

Postar um comentário