18 de novembro de 2018

ARGENTINA NÃO TEM COMO RESGATAR SUBMARINO DO FUNDO DO MAR, DIZ MINISTRO DA DEFESA

Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. Segundo o Ministro da Defesa, Oscar Aguad, a Marinha argentina não tem equipamentos nem tecnologia para resgatar o submarino nesta profundidade. 







 
"Não temos meios para resgatar o submarino”, destacou. "Também não temos ROV (veículos de inspeção remota) para descer nessa profundidade. Nem temos equipamento para extrair uma embarcação com essas características", acrescentou o ministro.


 
De acordo com o ministro, uma junta formada por três almirantes que vêm estudando as causas ao longo do ano vai divulgar um informe na próxima semana com informações “mais completas” do acidente. “Este informe pode revelar alguns segredos”, declarou. 




Segundo a Marinha, há também um limite legal para começarem os trabalhos de resgate. “A partir de agora, a juíza que esta na causa que pode determinar em que momento que podemos remover as partes do submarino”, disse o almirante Jose Villán. 




As autoridades estão focadas, segundo ordem presidencial, a investigar as causas do acidente nesse momento e não vão se concentrar na extração dos corpos, de acordo com o ministro. “A extração vai depender da tecnologia, mas vemos como muito difícil. O governo vai decretar luto nacional”.

0 comentários:

Postar um comentário