19 de maio de 2018

SARGENTO DA PM QUE MATOU COVARDEMENTE A PRÓPRIA MULHER NO RN SE ENTREGA

O sargento PM Ney Jeferson, que  matou a tiros a própria mulher em Natal, se entregou à polícia na tarde desta sexta-feira (18). A manicure Rosivânia Maria da Silva tinha 36 anos e foi assassinada na quarta-feira (16), dentro da casa onde morava com o marido, no bairro Quintas, Zona Oeste da capital potiguar. 











Ney Jeferson se apresentou na 2ª Companhia do 9º Batalhão da PM e foi encaminhado à Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), onde prestou depoimento à delegada que apura o caso. À polícia, ele confessou ter matado Rosivânia da Silva.





Em seguida, o sargento foi levado para o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) para realização do exame de corpo de delito e, depois, foi para o Comando Geral da Polícia Militar, onde permanece detido, segundo a assessoria de imprensa da corporação. De acordo com a Polícia Civil, havia contra ele um mandado de prisão temporária em aberto. 




Do Blog: Querem apostar como em breve um advogado vai pedir um exame de sanidade mental, querendo justificar a covardia desse bandido? E o pior! Enquanto tramitar o processo, na nossa morosa e famigerada justiça, esse assassino, matador, covarde, vai ficar recebendo o salário de Sargento, como se tivesse defendendo a sociedade. E tem mais! Se condenado, vai ficar no máximo uns 6 ou 7 anos preso, depois volta às ruas, como se fosse um cidadão de bem. Uma vergonha!




 



0 comentários:

Postar um comentário