8 de maio de 2018

EX-MINISTRO CHINÊS É CONDENADO À PRISÃO PERPÉTUA POR ACEITAR PROPINAS

O tribunal da cidade de Tianjin condenou, nesta terça-feira (87), à prisão perpétua, Sun Zhengcai, ex-ministro da Agricultura da China e antigo secretário-geral do Partido Comunista (PCCh) na província de Chongqing, por aceitar propinas de 170 milhões de iuanes (cerca de US$ 27 milhões). 





Segundo informou o Tribunal Popular Intermédio de Tianjin ao anunciar a sentença, Sun será privado dos seus direitos políticos por toda a vida, todas suas propriedades pessoais foram confiscadas e seus lucros ilegais - e a rentabilidade obtida com elas - serão recuperadas pelo Estado. 





O julgamento de Sun, que até cair em desgraça era considerado um dos principais candidatos para suceder o presidente da China, Xi Jinping, começou em abril e hoje foi encerrado por aceitar de maneira direta ou através de terceiros, propinas entre os anos de 2002 a 2017.

0 comentários:

Postar um comentário