25 de fevereiro de 2018

“PUXA/ENCOLHE”! JUSTIÇA DECRETA PRISÃO DE TRIO QUE HAVIA SIDO SOLTO APÓS SER PRESO COM 150KG DE DROGAS NO RN

A Justiça do Rio Grande do Norte decretou a prisão preventiva do trio suspeito de traficar drogas e portar armas ilegalmente, que foi flagrado na última terça-feira, 20, em Parnamirim com 150 quilos de maconha. Anteriormente, o juiz Raimundo Carlyle havia decidido pela soltura dos suspeitos por entender que a prisão em flagrante havia sido ilegal.
 
 
 
 
 
 
Carlyle argumentou que o delegado que recebeu os suspeitos durante o registro da ocorrência negou aos advogados o direito de se manifestar, o que motivou o pedido de ilegalidade das prisões por parte do Ministério Público, que acabou acatado pelo juiz. O delegado responsável pelo caso, Natanion Freitas, negou que os direitos dos advogados haviam sido suprimidos. Ele contou que havia impedido apenas o interrogatório de testemunhas por parte de representantes na própria delegacia, o que, segundo o agente, não desrespeita os direitos dos suspeitos.
 
 
 
 
 
 
A decisão da Justiça foi tomada na última sexta-feira 23, quando o processo foi distribuído à Comarca de Parnamirim. O juiz Marcos José Sampaio de Freitas Júnior expediu os três mandados de prisão preventiva baseado no relato do policial, contido no boletim de ocorrência. O flagrante, todavia, foi desconsiderado em razão de ilegalidade e por já ter sido decidido pela Central de Flagrantes da Comarca de Natal.

0 comentários:

Postar um comentário