31 de agosto de 2017

GABRIELLI E CERVERÓ SÃO CONDENADOS A PAGAR R$ 79,9 MILHÕES À PETROBRAS

O plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) condenou nesta quarta-feira (30) o ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli e o ex-diretor da área Internacional Nestor Cerveró pelo envolvimento na compra da segunda metade da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, em 2012. Os dois terão que ressarcir a Petrobras no valor de US$ 79,9 milhões, no total, e pagar multa de R$ 10 milhões, cada. Além disso, a corte proibiu que eles ocupem cargo público por 8 anos. Eles podem recorrer da decisão.
 
 
 
 
A defesa de Cerveró informou que a condenação "não reflete a real atuação do Sr. Nestor Cerveró no processo de aquisição de Pasadena" e que vai recorrer da decisão. Já Gabrielli disse estar "estarrecido" com a condenação imposta pelo tribunal e que ele não teve relação com os fatos julgados no processo.
 
 
 
 
Este é o primeiro de quatro processos abertos no TCU e que apuram a compra de Pasadena, que ocorreu em 2006, durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na época, a ex-presidente Dilma Rousseff era presidente do conselho de administração da estatal.

0 comentários:

Postar um comentário