15 de agosto de 2017

CORPO CARBONIZADO DENTRO DE CARRO PODE SER DE MOTORISTA DE UBER DESAPARECIDA NO RN

A família da motorista de Uber Suetânia Santos do Nascimento, de 29 anos, desaparecida desde a sexta-feira (11), acredita ser dela o corpo carbonizado encontrado dentro de um carro queimado em um canavial na zona rural de Arez, região metropolitana de Natal. "Era ela mesmo", diz a irmã, Ana Paula Nascimento. O veículo foi identificado por meio do número do chassi.
 
 
 
 
 
 
 
 
Suetânia foi vista pela última vez no bairro Emaús, em Parnamirim, na Grande Natal, quado saiu para trabalhar. De acordo com a família, a principal suspeita é de que ela tenha sido morta por um homem com quem teria acabado um relacionamento amoroso há cerca de dois meses.
 
 
 
 
 
O carro, modelo March, de cor branca, que pertence à mulher, foi encontrado em uma plantação de cana-de-açúcar. De acordo com informações apuradas pela polícia com moradores da região, ele teria sido queimado na região ainda na noite de sexta.
 
 
 
 
 
A família diz que a motorista tinha avisado que iria resolver uma pendência com o ex-namorado. "Ela mandou uma mensagem dizendo que se acontecesse alguma coisa, estava com ele", conta a irmã.
 
 
 
 
Uma amiga também recebeu uma mensagem de texto, onde Suetânia informou que estava passando por uma churrascaria e um posto de combustíveis na estrada. A polícia foi até esses estabelecimentos para checar as imagens das câmeras de segurança.
 
 
 
 
 
De acordo com a família, Suetânia já tinha sido ameaçada pelo homem, com quem manteve um relacionamento extraconjugal por cerca de 10 anos. Ele é casado. A irmã não sabe se ela já tinha um novo relacionamento.
 
 
Fonte: G1/RN.

0 comentários:

Postar um comentário