10 de dezembro de 2016

PM PRENDE SARGENTO DO EXÉRCITO, FILHO E MAIS 3 SUSPEITOS DE TRÁFICO DE DROGAS E ASSALTOS NO RN

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) detalhou, nesta sexta-feira (09), no Quartel Geral do Comando da Polícia Militar, a operação realizada pela PM que resultou na detenção de cinco pessoas, além de armamento, munições e drogas.
 
 
 
 
 
 
 
Foram presos José Alexandre Lima Leitão, 25 anos e sua companheira Lays Stephane Grigorio da Costa, 22 anos; Andrezza Cristina Lima Leitão, 25 anos; Pedro Raimundo de Souza Filho, 46 anos, sargento do Exército, e seu filho Pedro Henrique Martins de Souza, 21 anos.
 
 


A equipe da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicleta (Rocam) recebeu informações de que Alexandre, conhecido como Espiga, estaria em Candelária em veículo tipo HB 20 de cor chumbo. Os policiais conseguiram localizar o carro, deram voz de parada, mas Alexandre, que estava com Lays no veículo, não obedeceu. A equipe realizou uma busca e descobriu que Alexandre estaria na casa de um amigo conhecido como PH, na Vila Militar de Ponta Negra.
 
 


Com autorização do Exército, os PMs entraram na área e foram até a casa de Pedro Henrique Martins de Souza, conhecido como PH, 21 anos. A equipe verificou que Alexandre estava com o grupo sentado na calçada. Percebendo a chegada das viaturas, ele tentou fugir empunhando uma pistola 380, mas foi detido pelo grupo da Rocam.
 
 


Com a permissão do pai de “PH”, Pedro Raimundo, os policiais entraram na casa do militar e apreenderam no quarto do rapaz um saco contendo uma porção de um pó branco, possivelmente cocaína. Também foi apreendido na residência uma balança de precisão; relógios; uma peça de carro; celulares e uma certa quantidade em dinheiro.
 
 


A equipe da Rocam também foi até a casa de Alexandre e conseguiu apreender um veículo tipo Palio e uma arma de fogo que estava no seu interior; três revólveres de calibre 38 e um de calibre 32; duas escopetas; 19 munições de calibre 38; 12 munições calibre 12; cinco munições calibre 35; duas balanças de precisão; aproximadamente R$ 5 mil; uma farda dos Correios (camisa, calça e chapéu).
 
 


Na residência também foram encontradas nove porções de tamanho diversos de uma substância sólida de coloração amarelada, similar a crack; um saco plástico contendo um tablete e fragmentos de uma erva de coloração castanha – esverdeada, similar a maconha; e duas balanças de precisão.
 
 


Após a prisão, o grupo foi conduzido para a Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) e autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse e porte ilegal de arma de fogo.

0 comentários:

Postar um comentário