22 de dezembro de 2016

PISTOLEIROS DE ALTA PERICULOSIDADE SÃO PRESOS DURANTE OPERAÇÃO NO INTERIOR DO RN

As polícias Civil e Militar prenderam quatro pessoas nesta quarta-feira (21) suspeitas de pistolagem na cidade de Assu, na região Oeste potiguar. Segundo a Polícia Civil, Antônio Marcos Sobrinho, de 31 anos e Edvan de Pedro Garcia, 35, são suspeitos de homicídios. As outras duas pessoas foram presas por posse de arma de fogo. Seis armas também foram apreendidas.
 
 
 
 
 
 
 
 
De acordo com o delegado titular da Delegacia de Polícia de Assu, Cidorgeton Tony,  foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça potiguar para desarticular grupos de pistoleiros que atuavam na região.
 
 
 
 
"A operação visava combater suspeitos  pelos popularmente chamados crimes de pistolagem, quando são recrutados para matar”, explicou o delegado. De acordo com a assessoria de imprensa da PC, um dos presos na operação, Marcos Sobrinho, conhecido como ‘Marquinho de Duzentos’, tentou matar a tiros um adolescente no dia 1 de dezembro. A vitima conseguiu escapar e sobreviveu. Ainda segundo a PC, Edvan de Pedro é o mandante do crime, que foi motivado após o adolescente roubar uma motocicleta do tio dele.
 
 
 
 
"Causa espanto a tranquilidade e o desdém de Marcos, que, durante todo o período após o crime, agiu como se absolutamente nada houvesse ocorrido e, em alguns momentos, até tentou intimidar a vítima e seus familiares”, declarou o delegado Cidorgeton, que coordenou a operação. Ainda segundo o delegado, o homem também é investigado por outros crimes. “Ele é suspeito da bárbara execução de Mauricio dos Santos, conhecido por Cigano, na comunidade Linda Flor, morto a golpes de faca e estripado”, acrescentou.
 
 
 
 
Cinquenta e seis policiais participaram do cumprimento dos mandados. Além das prisões, espingardas e munição foram apreendidos.
 
 
Foto: Divulgação/Polícia Civil.

0 comentários:

Postar um comentário