9 de novembro de 2016

PROJETO GOVERNANÇA INOVADORA É APRESENTADO EM CONGRESSO NO CHILE

O secretário de Estado do Planejamento e das Finanças Gustavo Nogueira vai representar o Rio Grande do Norte sexta-feira (11) no Congresso Internacional del Centro Latinoamericano de Administración para el Desarrollo (CLAD), no Chile. Convidado pela organização do evento, o titular da SEPLAN fala sobre a experiência no Estado do Governança Inovadora, principal projeto de modernização da gestão pública realizado no Rio Grande do Norte, em curso desde 2015.
 
 
 
 

 
 
A experiência no Rio Grande do Norte já havia sido citada em outubro na Conferência anual do Grupo Latinoamericano por la Administración Pública, em Cali, na Colômbia. Recentemente, o Banco Mundial, que financia o projeto, levantou a possibilidade de levar o Governança Inovadora até Washington, nos Estados Unidos, onde está localizada a sede do Banco. Em setembro, uma equipe do BNDE também veio a Natal conhecer o projeto.
 
 
 
 

Iniciado em agosto de 2015, o Governança Inovadora é um projeto voltado para o desenvolvimento da capacidade de gestão e articulação do Estado com a sociedade para alcançar resultados alinhados a uma estratégia definida, o que inclui uma definição de uma agenda de longo prazo, além da modernização da gestão por meio da revisão de processos e estrutura.
 
 

O Governança Inovadora está na fase de contratualização de projetos depois que o Governo e sociedade definiram uma carteira prioritária de 26 projetos.  Até agora, assinaram contratos de gestão as secretarias de Infraestrutura, Planejamento e Finanças e Turismo. Até o final do ano, o governador Robinson Faria vai assinar os contratos relacionados a mais 30 secretarias e órgãos. Uma sala de situação em implantação acompanha, na SEPLAN e no gabinete do governador, as metas de cada contrato de gestão firmado.
 
 
 

Segundo o secretário de Planejamento e Finanças Gustavo Nogueira, a participação no Chile é mais uma oportunidade do Rio Grande do Norte apresentar ao mundo o que vem sendo feito no país num momento de crise. “Tenho dito sempre que, apesar desse momento delicado da nossa economia, essa crise vai acabar um dia. E quando acabar o Rio Grande do Norte terá uma agenda estratégica definida pelo Governo em conjunto com a sociedade. Apresentar o Governança Inovadora em outros estados e países é reforçar que não estamos parados. Ao contrário, temos trabalhado com os olhos no presente pensando no futuro”, afirmou. 

0 comentários:

Postar um comentário