9 de agosto de 2012

SENADOR DIZ QUE PEDIRÁ QUEBRA DE SIGILO DE EX-MULHER DE CACHOEIRA

O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) afirmou que irá protocolar nesta quinta-feira (9) um requerimento que pede a quebra de sigilo bancário e fiscal de Andréa Aprígio, ex-mulher do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

Segundo Rodrigues, o requerimento será protocolado na secretaria da CPI que investiga as relações do contraventor com políticos e empresários.

De acordo com o senador, há suspeita de que contas bancárias de Andréa foram usadas para lavar parte do dinheiro da organização criminosa comandada por Cachoeira.

O advogado de Andréa Aprigio, Paulo Leite Sérgio Fernandes, afirmou ao G1 que não iria responder aos questionamentos do senador, nem às perguntas em relação às contas. "Não tenho nada a explicar sobre o assunto. Nem eu, nem minha cliente", disse.

andreachora6320x465

Andréa Aprigio, ex-mulher de Carlinhos Cachoeira, chora durante sessão da CPI (Foto: Wilson Dias / Ag. Brasil)

Nesta quarta, durante a sessão secreta em que Andréa se negou a responder às perguntas da comissão, Rodrigues apresentou documento que mostra que a ex-mulher tinha uma conta bancária no exterior em conjunto com Cachoeira. Questionada sobre a conta, Andréa não quis responder à CPI.

De acordo com o senador, dados obtidos pela CPI por meio da quebra de sigilo fiscal e bancário de Cachoeira mostram que o contraventor e a ex-mulher movimentavam uma conta bancária na Flórida, Estados Unidos, no período entre 28 de novembro de 1997 e 17 de julho de 2006.

"Esta conta e outras a que a CPI tem acesso apontam indícios que existe uma ação ordenada de evasão de divisas para lavar o dinheiro da organização criminosa. Vamos apresentar o requerimento para pedir a quebra do sigilo das contas de Andréa", disse o senador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

STF TEM MAIORIA PARA TORNAR JANONES RÉU POR POSTAGENS CONTRA BOLSONARO

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta sexta-feira (14) para tornar réu o deputado federal André Janones (A...