3 de maio de 2023

BOLSONARO É PRIMEIRO EX-PRESIDENTE A SER ALVO DA PF NÃO POR CORRUPÇÃO

A operação da Polícia Federal da manhã desta quarta-feira (3) é inédita na História brasileira: pela primeira um ex-presidente da República é alvo de operação das autoridades policiais não por corrupção, mas por supostamente ter falsificado o certificado de vacina contra a covid.

 

A operação foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes por suposta “adulteração” de documento público. Após a operação, o ex-presidente Bolsonaro afirmou a jornalistas que nunca tomou a vacina contra a covid.

 

Em 2016, o então ex-presidente Lula (PT) foi alvo da PF e se tornou o primeiro ex-mandatário a ser alvo das autoridades policiais. Em 2019 foi a vez o ex-vice da petista Dilma, Michel Temer (MDB). Ambos foram investigados por corrupção.

 

Na operação desta quarta-feira (3), foram presos ex-ajudantes do ex-presidentes, além de outras autoridades supostamente envolvidas na falsificação.

0 comentários:

Postar um comentário