14 de março de 2023

GOVERNO NEGARÁ AO MST COMPRA DE TERRAS, COMO PROMETEU

A reunião entre o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), prevista para esta semana, deve terminar em frustração para os sem-terra. A liderança dos amigos do alheio impôs uma condição para suspender as invasões: a compra de terras, pelo governo, para fazer reforma agrária. Mas o MDA não tem muito o que apresentar. Vai culpar Bolsonaro afirmando que o orçamento para isso é uma ninharia, R$3 milhões, e adiar a providência. 

 

A verba reservada no orçamento do Incra, responsável pela reforma agrária, soma R$2.434.999,00 para aquisição de terras.

 

O orçamento nem de longe consegue atender a exigência dos invasores de terra. O movimento cita supostas 90 mil famílias à espera.

 

A bancada de 340 parlamentares, quase dois terços do Congresso, já avisou a lideranças governistas que onda da invasão não será tolerada.

 

Para não desagradar totalmente os amigos do alheio, o governo deve prometer que irá receber em terras o pagamento de dívidas à União.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

‘TENTATIVA DE GOLPE COM MINUTA É RIDÍCULO’, AFIRMA O SENADOR HAMILTON MOURÃO

O senador Hamilton Mourão (Rep-RS) negou que tenha havido “tentativa de golpe de Estado”, conforme versão dos adversários de Jair Bolsonaro ...