24 de fevereiro de 2023

MOROSIDADE DA JUSTIÇA LIVRA PETISTA ARLINDO CHINAGLIA DE DENÚNCIA DE CORRUPÇÃO

A Procuradoria Geral da República (PGR) informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que a denúncia por corrupção e lavagem de dinheiro,  envolvendo o deputado federal Arlindo Chinaglia (PT-SP), prescreveu. 

 

O petista é investigado  por supostamente ter recebido R$8,7 milhões, entre 2008 e 2014, em um esquema com participação da construtora Odebrecht, velha conhecida das páginas policiais por envolvimento no escândalo da Lava Jato,  na construção da hidrelétrica do Rio Madeira, no estado de Rondônia. O acordo teria sido mediado pelo também enrolado Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados. 

 

De acordo com a PGR, idade avançada do parlamentar, que já tem 73 anos, ajudou na prescrição da denúncia. 
 
 
Em relação ao deputado federal Arlindo Chinaglia Júnior – maior de 70 anos de idade- forçoso reconhecer que os fatos ocorridos entre 2008 e 2014 foram alcançados pela extinção da punibilidade em virtude da prescrição da pretensão punitiva“, diz trecho da manifestação da PGR. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BANDIDO PERIGOSO FORAGIDO DO RN É NO PERU

Um potiguar foragido da Justiça, condenado a mais de 32 anos de pena, foi preso no Peru, segundo informou a Polícia Federal.   De acordo ...