28 de abril de 2022

CONFIANÇA DOS DONOS DE PEQUENOS NEGÓCIOS VOLTA A CRESCER PELO 2º MÊS SEGUIDO

O Índice de Confiança de Micro e Pequenas Empresas (IC-MPE) voltou a registrar alta pelo segundo mês consecutivo, influenciado, principalmente, por uma melhora na percepção das micro e pequenas empresas sobre a situação atual dos negócios. Com o incremento de 1,6 ponto, o resultado de março atingiu 91,6 pontos, o mais alto desde o início do ano e superior ao mesmo período dos anos de 2020 e 2021, quando foram detectados os índices de 90,3 e 80,5, respectivamente. 

 

 O aumento do IC-MPE foi detectado nos três principais setores da economia analisados: Comércio, Serviços e Indústria de Transformação. A Sondagem Econômica da MPE, produzida mensalmente pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), leva em consideração a percepção dos empresários sobre a situação atual e a expectativa para o futuro. Se comparado a janeiro, quando o IC-MPE somou 89,6 pontos, o índice de março indica uma melhora de quase dois pontos. 

 

Os empreendedores da Indústria foram os que apresentaram o maior índice de confiança que atingiu o patamar de 95,4 pontos. “Após somar dois meses de queda, a Indústria apresentou um incremento de 1 ponto devido a melhoria das expectativas para o futuro”, comenta o presidente do Sebrae. De acordo com a Sondagem, a percepção otimista deve-se à melhora das expectativas – relacionadas à produção e tendência dos negócios – para os meses seguintes. Alimentos, vestuário, metalurgia e produtos de metal foram os setores que mais contribuíram para o desempenho do setor.

0 comentários:

Postar um comentário