25 de outubro de 2021

NOVO AUMENTO PRESSIONA O SENADO A VOTAR PROPOSTA QUE REDUZ PREÇO DA GASOLINA

Após a Petrobras anunciar mais um aumento no preço dos combustíveis, aumenta a pressão para que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), paute a votação do projeto que reduz esse custo para o consumidor. 

 

O projeto já foi aprovado em 14 de outubro, na Câmara, por 392×71 votos, mas desde então Pacheco vem “segurando” sua tramitação no Senado. 

 

A proposta aprovada pelos deputados federais estabelece valor fixo para o ICMS e determina que os aumentos serão calculados com base na média dos reajustes dos últimos dois anos. 

 

De acordo com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), a vigência da proposta derrubará em 8% o preço do litro da gasolina, 7% no etanol e 3,7% no diesel. 

 

Nesta segunda-feira (25), a Petrobras anunciou que reajustará o preço dos combustíveis a partir de amanhã (26). O valor cobrado dos distribuidores pela gasolina passará de R$2,98 para R$3,19 por litro, uma alta de R$0,21. 

 

O custo do diesel será reajustado em 9,1% e passará de R$3,06 para R$ 3,34, uma alta de R$0,28 por litro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUATRO JOVENS SÃO ENCONTRADAS MORTAS EM MENOS DE UMA SEMANA NO CE

Em menos de uma semana, Eveline Souza Mendes, de 18 anos,  Marina Nascimento Souza, prima de Eveline, de 15 anos,   Ana Vitória, sem idade...