25 de maio de 2021

TRISTEZA! MORRE “SEU “ISAAC”, O SAPATEIRO QUE SE TORNOU PARTE DA CULTORA JARDINENSE

A cidade de Jardim do Seridó perde um ícone de sua cultura, o sapateiro, “Seu Isaac”, que faleceu aos 97 anos nesta segunda-feira, (24). “Seu Isaac” nasceu na Paraíba, mas, muito jovem veio morar em Jardim do Seridó, onde constituiu sua família, e onde morou até a data de sua morte.


Desportista fervoroso, vascaíno de coração, nos anos idos, além dos consertos e até de fabricar vários tipos de calçados populares, ‘Seu Isaac” era um dos únicos da região de fabricava chuteiras e bolas de futebol em couro, levando “sua marca" para quase todos os campos de futebol da região.


Amante de carnaval, até aproximadamente 80 anos de idade, “Seu Isaac” ainda participava do tradicional “bloco das Kengas”, tornando-se a “kenga” mais velha da cidade, se destacando por sua alegria e irreverência que contagiavam à todos os foliões do carnaval jardinense.


Ademais, em sua sapataria, “Seu Isaac” mantinha um verdadeiro “museu” de fotos antigas, com resenhas de festas e de vultos populares que fizeram ou fazem parte de nossa cultura, sem falar que o espaço era tido carinhosamente como um “antro de fofocas”, onde as “cabuetagens” da cidade eram avivadas.


Por fim, “Seu Isaac” se vai, mas deixará uma rica herança de honestidade, dignidade, dedicação, alegria, amizade, amor à família e ao próximo, e mesmo sendo “filho adotivo”, um imenso amor à Jardim do Seridó.


Do Blog: Aqui não cabe o tanto de coisas que vivenciei desde minha infância com esse grande amigo de todos. Ainda muito jovem, e ele já idoso, brincamos carnavais no ‘Bloco das Kengas”. Adolescente, participei das famosas serenatas, e a casa dele era uma das que não ficava de fora. Ainda criança, participei de uma comemoração de uma conquista do nosso Vasco da Gama, onde ‘Neném de Laura’ saiu pelas ruas tocando o hino do Vasco em sua sanfona. Vixe, mil páginas não caberiam tantas coisas boas. Obrigado “Seu Isaac”! Deus o recebe em seu reino. Amém!

0 comentários:

Postar um comentário